Publicidade

DC Auto

10/03/2017

Outlander agora com opção pelo diesel

Crossover da Mitsubishi passa a ter em sua gama motor 2.2 turbo capaz de render até 165 cv
José Oswaldo Costa
Email
A-   A+
O Outlander, crossover da Mitsubishi, encerrou 2016 com 4.805 unidades emplacadas. Isso representa uma média mensal de cerca de 400 unidades. Assim como ocorreu, e vem ocorrendo, de forma geral no mercado automotivo, esse número de vendas caiu no início desse ano.

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), na soma de janeiro e fevereiro o Outlander teve 561 unidades comercializadas, ou seja, cerca de 281 unidades/mês.

Esse mercado, de crossovers e utilitários esportivos (SUV), tem a peculiaridade do uso do motor a diesel, o que faz grande diferença para os clientes mais abastados. De olho nesse nicho, a montadora japonesa acaba de lançar, no Brasil, o Outlander diesel para a linha 2017.

Com a sua chegada, a gama do modelo passa a ter três opções de motorização: 3.0 V6 de 240 cv, 2.0 16V de 160 cv e 2.2 turbo diesel de 165 cv.

O primeiro oferece um torque de 31 kgfm, enquanto o segundo tem torque de 20,1 kgfm. A nova unidade motriz, movida a diesel, apresenta um torque de 36,7 kgfm. Para a versão com motor 2.0, o Outlander conta com uma nova transmissão CVT capaz de simular 6 marchas. Com motores 3.0 e 2.2 turbo diesel, o câmbio escolhido foi o automático, também de 6 marchas.



Todas as motorizações e câmbios vêm equipadas com paddle shifters (borboletas) atrás do volante para trocas manuais.

O motor 2.0 a gasolina passou por mudanças para ficar mais leve. Agora, bloco, cabeçote e cárter são em alumínio. De acordo com a Mitsubishi, ele é até 19,8% mais econômico do que a geração anterior. A versão que utiliza esse motor passa a ser equipada com ar-condicionado de duas zonas.

Todas as versões do Outlander contam com teto solar elétrico que vem com função antiesmagamento.

Para a linha 2017, as mudanças externas foram bem discretas. O crossover recebeu rack de teto na cor prata, antena do tipo “barbatana de tubarão”, novo desenho para a tampa do porta-malas (que também recebeu um acabamento cromado) e lanternas em LED.

As versões topo de linha, FTP (Full Technology Pack), foram equipadas com faróis Auto High Beam. Esses faróis se ajustam, automaticamente, em locais com pouca iluminação. Isso quer dizer que o condutor não precisa ficar alternando entre o baixo e o alto, para não incomodar os outros motoristas. O sistema faz isso por ele.

O Mitsubishi Outlander também apresenta a função Eco Mode que pode ser acionada através de botão localizado no painel central. Ela proporciona maior economia de combustível e, por consequência, menor emissão de gás carbônico. A direção é eletroassistida.

Leia também
Modelo para vários tipos de terreno


O crossover é muito bem equipado tecnologicamente. Entre outros, traz aviso de mudança de faixa de rolagem (LDW – Lane Departure Warining), piloto automático adaptativo (ACC – Adaptive Cruise Control), controle de estabilidade (ASC – Active Stability Control), controle de tração (ATC – Active Traction Control), dispositivo de redução de risco de colisão através do radar (FCM – Foward Collision Mitigation) e sistema para auxílio de partidas em rampas (HSA – Hill Start Assistance).

Além disso, conta com um total de 9 airbags (frontais, laterais, do tipo cortina e para os joelhos do motorista). Esse pacote rendeu ao modelo o prêmio máximo em segurança nos principais institutos do mundo (Euro NCAP, ANCAP, JNCAP e IIHS Top Safety Pick).

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

24/03/2017
Nissan lança a 12ª geração da picape Frontier
Modelo ganhou novo powertrain
24/03/2017
Fiat Chrysler Automobiles em compasso de espera
Quando a General Motors anunciou a venda das marcas Opel e Vauxhal, no início desse ano, estava claro que outros movimentos no setor automotivo iriam se processar. O comprador foi...
17/03/2017
Toyota aprimora segurança do Corolla
A edição 2018 do líder de vendas passa a ter, em todas as versões, controles de estabilidade e tração
17/03/2017
Honda apresenta o WR-V, um cross Fit
A montadora japonesa lançou, nessa semana, o WR-V. Por mais que se refira a ele como um utilitário esportivo (SUV) compacto, não há como negar o óbvio: trata-se...
17/03/2017
Multimídia com tela de sete polegadas
As mudanças no modelo para a linha 2018 também chegaram ao interior. O quadro de instrumentos (dois tipos, dependendo da versão) passou por alterações...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.