Publicidade
24/11/2017
Login
Entrar

Negócios

15/11/2017

P7 Criativo e Fiemg darão apoio a programa da Apex

Thaíne Belissa
Email
A-   A+
A casa da economia criativa em Minas Gerais, o P7 Criativo, recebeu, na última semana, o roadshow da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil) sobre um programa que levará empresas brasileiras ao South by Southwest (SXSW), um dos maiores eventos de economia criativa do mundo. Durante o roadshow, empresários mineiros conheceram mais sobre o programa e foram incentivados a formar uma delegação de empresas do Estado que seja representativa no grupo de 75 organizações que serão escolhidas pela Apex.

Realizado na cidade de Austin, no Texas, o SXSW acontecerá entre os dias 9 e 18 de março de 2018. O evento tem programação extensa, que inclui quatro festivais (Interatividade, Filmes, Música e Comédia), Trade Show (feira de negócios), SXSW Edu (educação) e SXSW Gaming (games). São mais de 2 mil painéis, palestras, demonstrações, shows e atividades que movimentam toda a cidade.

Na abertura do roadshow, o presidente da Associação do P7 Criativo, Paulo Brant, destacou a importância de um evento dessa magnitude e frisou que a internacionalização é essencial para consolidação da inovação no Estado. “O modelo de financiamento da indústria criativa ainda é muito precário no Brasil, o que é uma pena porque pessoas brilhantes não conseguem viver da sua atividade. O P7 quer mudar isso por meio do fomento dessa indústria”, afirmou. Ele destacou que o P7 e a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) darão todo o apoio ao programa da Apex para que a delegação brasileira tenha muitos representantes de Minas Gerais.

Itamaraty - O chefe do projeto Diplomacia da Inovação em Minas Gerais, Juliano Alves Pinto, também destacou o potencial do Estado no segmento da economia criativa. Ele explicou que está há três meses em Belo Horizonte liderando o projeto-piloto do Itamaraty, Diplomacia da Inovação, que tem o objetivo de conectar os ecossistemas de inovação no Brasil com o exterior por meio das redes de embaixadas.

“Eu escolhi vir para Belo Horizonte porque sou mineiro, mas também porque aqui tem um grande polo de economia criativa. Minas Gerais tem um potencial enorme porque aqui há um diálogo interinstitucional claro entre governos, instituições representativas e de fomento. Aqui há um discurso só na área da inovação”, destacou.

A Analista de Negócios Internacionais da Apex, Nayara Silveira, foi a responsável por apresentar aos empresários presentes os benefícios de se participar do programa da agência, que deve levar 75 pequenas e médias empresas brasileiras ao SXSW em 2018. De acordo com ela, essa será a quinta missão da Apex no evento e, ao longo dos últimos anos, os números de empresas participantes e negócios realizados por meio do programa só crescem.

“Em 2014, apoiamos 28 empresas brasileiras por meio de duas plataformas de negócios e trabalhamos com uma expectativa de US$ 7,4 milhões em negócios gerados. Em 2017, esses números foram muito maiores: 67 empresas apoiadas em sete plataformas de negócios e expectativa de US$ 37,7 milhões em negócios gerados”, destacou.

Nayara Silveira destaca que o ambiente do SXSW é rico em convergências e que há diversos exemplos de empresas brasileiras que tiveram oportunidades únicas no evento. “No SXSW há diretores de empresas, investidores, professores, estudantes e desempregados. É realmente muito diverso, então você pode estar na frente do CEO do Facebook na fila do café. É por isso que é muito importante desenvolver o pitch de venda para esse evento: o empresário pode ter, em cinco minutos, a oportunidade que esperou a vida toda”, destacou.

A analista explicou que a feira é muito grande e diversa e, por isso, é tão importante que as empresas recebam apoio personalizado para extraírem o melhor dela. E é justamente esse apoio que a Apex fornece. Em diferentes tipos de “planos”, que exigem contrapartidas entre US$ 200 e US$ 750, a agência oferece benefícios que superam, e muito, o valor investido pelas empresas. A começar pela credencial platinum, que dá aos empresários acesso privilegiado a toda programação do evento. Só essa credencial comprada separadamente custa US$ 1.350.

Além da credencial a agência oferece reuniões de negócios agendadas durante o evento, sugestão de agenda de conteúdo do evento, que é personalizada para a empresa, espaço para exposição no pavilhão brasileiro, estrutura para realização de pocket shows no Trade Show, visitas técnicas a grandes empresas nos Estados Unidos, entre outros benefícios. Para se inscrever no programa basta acessar o site arq.apexbrasil.com.br/emails/SXSW/2018/03/. Outras informações no e-mail: apexbrasil@apexbrasil.com.br.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

24/11/2017
Programa Ideas For Milk realiza primeiro Vacathon
Maratona de programação rural para produção de leite teve mais de 80 propostas
24/11/2017
Betim recebe de 1º a 3 de dezembro evento mundial de incentivo à inovação
Um final de semana dedicado à inovação, à tecnologia e ao empreendedorismo. De 1º a 3 de dezembro, o 1º Startup Weekend Betim vai reunir empreendedores,...
24/11/2017
Cefet-MG conquista 6º lugar em competição
Protótipo de aeronave não tripulada, o projeto F2, foi desenvolvido no campus de Belo Horizonte
24/11/2017
Mineira traz Tea Shop para BH
A marca de chás espanhola Tea Shop acaba de desembarcar em Belo Horizonte com uma unidade franqueada no Pátio Savassi, na região Centro-Sul. O empreendimento, capitaneado pela...
24/11/2017
Empresário investe em novo conceito de loja
Um espaço que funciona como um showroom e apresenta o produto de forma diferenciada, proporcionando uma experiência de compra. Esse é o princípio do Concept Store, que...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.