Publicidade

DC Auto

10/02/2017

Pacote farto de equipamentos se destaca

José Oswaldo Costa
Email
A-   A+
Na comparação com o Renegade, o interior do Jeep Compass oferece mais qualidade e primor no acabamento. E isso não quer dizer que o do primeiro seja ruim. Mas o Compass está em um segmento de mercado ligeiramente superior, o que justifica a diferença.
No banco traseiro, dois adultos e uma criança se acomodam com facilidade e conforto. Todos contam com encostos para a cabeça e cintos de três pontos. Na frente, os bancos são confortáveis e as abas laterais cumprem bem seu papel nas curvas.

O painel é todo revestido em material emborrachado e macio ao toque. O sistema multimídia, com tela sensível ao toque e com o bom tamanho de 8,4 polegadas, agrega as funções de áudio, telefonia, ar-condicionado, aplicativos e GPS.

No console central, à frente da manopla do câmbio, está instalado o botão giratório do sistema de tração 4x4. São cinco opções de seleção: Auto (sempre que o carro é ligado, é essa a opção que está selecionada); Snow (neve); Sand (areia); Mud (lama) e Rock (pedras).

Dentre outros, o Jeep Compass Trailhawk conta com sete airbags (frontais, laterais, do tipo cortina e para os joelhos do motorista), controles de estabilidade e tração, controle eletrônico anticapotamento, assistente de partidas em rampas, direção elétrica, volante multifuncional com ajustes de altura e profundidade, ar-condicionado de duas zonas, sensor de estacionamento traseiro e câmera de ré, bancos revestidos em couro com costura vermelha, computador de bordo, detector de pontos cegos, faróis em xenon, faróis de neblina, faróis e lanterna com assinatura em LED, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas, sistema multimídia com tela sensível ao toque de 8,4 polegadas e rodas em liga leve de 17 polegadas.

Como opcionais, destaque para o teto solar elétrico, controle adaptativo de velocidade (ACC), monitoramento de mudança de faixa (LDW), farol alto automático (AHB), aviso e prevenção de colisão frontal (FCWp), sistema de estacionamento automático (Park Assist), bancos dianteiros com ajustes elétricos, som da marca Beats e as pinturas perolizadas ou metálica.

Na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o preço do Jeep Compass Trailhawk é R$150,49 mil. Para essa versão com motor a diesel, o grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles) entende que os principais concorrentes são o BMW X1, o Audi Q3 e  Mercedes-Benz GLA. Repare que todos eles se assemelham no quesito preço, mas não utilizam diesel, o grande diferencial a favor do Compass.

Os potenciais rivais, que também usam o diesel como combustível, são bem mais caros que o modelo da Jeep. Seriam eles os Mitsubishi Pajero e Outlander, o Volvo XC60 e o Chevrolet Trailblazer. E a maioria deles não oferece um pacote de equipamentos tão farto quanto o do Compass.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/02/2017
Captur é o mais novo SUV do mercado
Utilitário compacto da Renault tem no design sua principal arma para brigar com HR-V e Renegade
17/02/2017
Motores 1.6 (118/120 cv) e 2.0 (143/148 cv)
O nosso Captur, que também será vendido na Rússia, na Índia e em mais oito países da América Latina, não é exatamente o mesmo modelo que vem...
10/02/2017
Jeep Compass Trailhawk sai na frente com o diesel
Na sua faixa de preço, é o único com essa opção
03/02/2017
Novo Honda WR-V chega em março
Modelo se une ao CR-V e ao HR-V para ampliar a família de utilitários da montadora japonesa
03/02/2017
Activ é a versão aventureira do Chevrolet Onix, carro mais vendido no Brasil em 2016
O Chevrolet Onix encerrou o ano de 2016 como líder absoluto de vendas no Brasil. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.