Publicidade
26/07/2017
Login
Entrar

FAPEMIG - Ciência e Inovação em Minas

03/11/2016

Pesquisa contribui para a melhoria do plantio de café em Minas Gerais

Assessoria de Comunicação da Fapemig
Email
A-   A+
Responsável pelo cultivo de aproximadamente 50% do café tipo exportação, Minas Gerais é o maior produtor do fruto no Brasil. Pensando em melhorar a qualidade da produção, pesquisadores da Universidade Federal de Lavras (Ufla), vem desenvolvendo um projeto que busca orientar os produtores mineiros no plantio de cafés especiais.

Com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), a pesquisa tem o objetivo de criar uma base de dados para auxiliar os produtores mineiros em suas plantações. “A gestão da informação e do conhecimento é um recurso valioso para a sociedade e para o setor cafeeiro, e neste projeto integraremos uma Base de Dados Relacional. Nela, são inseridos dados relativos aos atributos físicos, químicos e sensoriais de cafés das quatro regiões do Estado de Minas Gerais. A maioria dos dados foi e está sendo obtida pela análise de cafés do Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas, organizado pela Emater, em parceria com a Universidade Federal de Lavras”, explica a pesquisadora Rosemary Gualberto, coordenadora do projeto Cafés Especiais do Estado de Minas Gerais: criação de base de dados integrada.

O objetivo da base de dados compartilhada é orientar os cafeicultores mineiros na produção dos grãos tipo especial, que possuem maior qualidade e maior valor de mercado. São considerados cafés especiais aqueles com atributos de sabor e aroma excepcionais, também conhecidos como cafés gourmet. Eles originam bebidas muito aromáticas e equilibradas, como fala Gualberto, “Café especial é o café que possui elevada qualidade quanto aos aspectos físicos, químicos, sensoriais e higiênico-sanitários dos grãos. Além destes atributos, atualmente, os aspectos ambientais, sociais e a segurança estão associados à denominação de especialidade, por isso as certificações e garantias quanto à origem são quesitos valorizados em maior ou menor intensidade nos mercados diferenciados” disse.

Hoje, aproximadamente 80% do café produzido em Minas Gerais são oriundos de empresas cafeeiras de pequeno porte, que não têm condições de investir em grandes estudos. Assim, ações conjuntas de ensino, pesquisa e extensão como esta, tem contribuído para a melhoria da qualidade do café produzido no Estado. Os resultados têm servido de incentivo para os cafeicultores, como explica Gualberto: “A divulgação dos resultados aos produtores estimulam e incentivam a melhoria contínua nas práticas agrícolas e pós-colheita, resultando em cafés com melhor qualidade e preço. No meio científico, nossas publicações consolidam e valorizam os cafés do nosso Estado, no Brasil e em âmbito internacional”, afirma.

O desafio inicial do projeto era trabalhar com investigações de metodologias objetivas e diferenciadas para avaliação da qualidade que unem várias áreas de conhecimento. Agora, como destacado pela pesquisadora, “o desafio será a implementação, disponibilização e atualização contínua da base de dados, uma vez que será necessário viabilizar recursos humanos qualificados para sua efetivação”, ressalta.

A pesquisa com cafés especiais e a busca de métodos objetivos para avaliação da qualidade do café teve início há aproximadamente 20 anos. Neste período, várias ações foram executadas a partir da identificação das demandas junto aos setores de produção, comercialização, industrialização e consumo.

O projeto Cafés Especiais do Estado de Minas Gerais: criação de base de dados integrada, apoiado pela Fapemig foi iniciado em 2009, também com o apoio do Polo de Excelência do Café e Instituto Nacional de Ciência, Tecnologia do Café/Inovacafé/Ufla (INCT do Café), Emater/MG, Epamig, CNPq, Capes e Embrapa/café.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/11/2016
Inatel oferece workshop sobre tecnologia 5G na Fapemig
O padrão da nova geração da comunicação móvel vai ser definido em 2020, mas instituições de pesquisa e empresas do mundo todo já...
14/09/2016
Fórum debate novos rumos para a mineração
Com o objetivo de encontrar novas saídas para a mineração, de modo a transformá-la em uma atividade mais sustentável, a Fundação de Amparo à...
10/09/2016
Estudantes desenvolvem sistema de segurança para bicicletas
Cada vez mais comum nos grandes centros, as bicicletas são um veículo de transporte caracterizado pelo baixo custo de manutenção e por possibilitarem boa prática...
24/08/2016
Peixe-zebra torna-se modelo de pesquisa científica
O peixe-zebra, também chamado zebrafish ou peixe paulistinha, tem se tornado uma espécie aliada da ciência nas pesquisas da área biomédica, nos estudos...
17/08/2016
Pesquisa mostra relação entre mães encarceradas e seus filhos
Inaugurada em 2009, na cidade de Vespasiano, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), o Centro de Referência à Gestante Privada de Liberdade (CRGPL) é uma...
› últimas notícias
MRV planeja atingir marca de 500 mil unidades em 10 anos
Cemig se esforça para impedir leilão de suas usinas
AGU rebate argumentos de juiz do DF
TCU adverte Dyogo Oliveira sobre meta fiscal
Temer não considera a possibilidade de mexer no déficit deste ano
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Mineração: Setor ganha hoje novo marco regulatório
Drogarias e cosméticos têm expansão em BH
Precon recebe certificação inédita no País
Festival apresentará iguarias de sete regiões do Estado
MRV planeja atingir marca de 500 mil unidades em 10 anos
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› DC RH
Reforma 'é benéfica', avaliam especialistas
'Jornada intermitente é polêmica'
10 mudanças importantes para o mercado
Gestão de carreira: Cuidar da imagem pessoal abre oportunidades
TI e RH: entenda os benefícios dessa união
Leia todas as notícias ›
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


27 de July de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.