Publicidade
24/05/2018
Login
Entrar

Finanças

15/05/2018

Petrobras adere a novo nível na Bolsa

Reuters
Email
A-   A+
São Paulo - A estatal Petrobras informou ontem que a bolsa paulista B3 autorizou a adesão da companhia ao segmento especial de listagem Nível 2 de governança corporativa, em um movimento que pode atrair novos investidores para a companhia.

O regulamento do Nível 2 da bolsa prevê que as empresas devem ter ações preferenciais que confiram direito de voto ao menos em determinadas matérias, mas a Petrobras disse que a B3 concedeu um tratamento excepcional à companhia, uma vez que a Lei do Petróleo define que os papéis preferenciais da petroleira estatal serão “sempre sem direito de voto”.

A Petrobras disse ainda que, ao definir essa condição diferenciada, a B3 levou em consideração também a ampliação das atribuições do Comitê de Minoritários da companhia, “especialmente para matérias em que as ações preferenciais deveriam ter direito de voto, de acordo com o nível 2”, e a composição de seu Conselho de Administração, com no mínimo 40% de conselheiros independentes.

O anúncio ocorre em um momento em que o mercado de petróleo, perto de máximas de mais de três anos, tem dado sustentação para os papéis da empresa.

Mudanças - Em razão da adesão ao novo segmento de listagem, a Petrobras passou ainda a contar com novas regras para oferta pública de aquisição de ações e a garantir concessão de 100% de tag along para ações preferenciais nas mesmas condições concedidas às ações ordinárias, além de prever procedimento arbitral para questões provenientes do regulamento do Nível 2, segundo a companhia.

No comunicado, a Petrobras destacou, além da adesão ao Nível 2, a atribuição à empresa da nota 10 em um índice de governança das estatais criado pelo governo federal, o IG-Sest, conforme divulgado na sexta-feira (11).

“Essas conquistas reforçam os avanços obtidos na governança corporativa da Petrobras e ratificam seu compromisso com a melhoria contínua de processos e alinhamento às melhores práticas do mercado”, afirmou a petroleira.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

24/05/2018
Greve pesa e Ibovespa tem forte queda
Paralisação dos caminhoneiros pelo País afetou os papéis da Petrobras, levando indicador a um recuo de 2,26%
24/05/2018
IPCA-15 desacelera em maio e registra menor nível em 18 anos para o mês
São Paulo - A prévia da inflação oficial brasileira subiu bem menos do que o esperado e registrou o menor nível em 18 anos para maio, diante da queda dos...
23/05/2018
Nubank alcança marca de 4 milhões de clientes em maio
Fintech havia encerrado último ano com 3 milhões de consumidores
23/05/2018
Ibovespa avança 1,13%, e dólar volta a recuar no País
São Paulo - O principal índice da bolsa paulista fechou em alta ontem, apoiado na recuperação de ações atreladas à economia doméstica,...
22/05/2018
Itaú reduz juros e acirra disputa entre bancos
Antes da instituição, outros concorrentes privados também já tinham realizado cortes em suas taxas
› últimas notícias
Preço do etanol acompanha alta da gasolina na Capital
Plano Diretor da Capital é questionado
Sem acordo, caminhoneiros decidem continuar greve
Biomm aciona Anvisa para liberar remédio
Quatro de cada cinco empresas do País planejam investimentos para este ano
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de maio de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.