Publicidade
22/02/2018
Login
Entrar

Economia

13/12/2017

Pimentel promete solucionar impasse na Jucemg

Após 107 dias de greve dos servidores, com prejuízo ao mercado e empresários, governador assume compromisso
Gabriela Pedroso
Email
A-   A+
Por causa da greve, cerca de 25 mil processos estão acumulados/Alisson J. Silva
A greve dos servidores da Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg), que já atinge a marca de 107 dias sem nenhum avanço nas negociações, pode ganhar um novo rumo. Ontem, o governador do Estado, Fernando Pimentel (PT), informou que vai tomar a frente no caso e se comprometeu a buscar, junto à categoria, uma solução para o impasse, que tem trazido consequências diversas para a economia mineira. O anúncio foi feito durante entrevista concedida à Rádio Itatiaia.

“Vou fazer o que for possível para resolver essa situação. Não podemos deixar uma entidade da importância da Junta Comercial paralisada, prejudicando as empresas, investidores e empreendedores. Então, vamos cuidar disso. Amanhã (hoje) mesmo já convocarei uma reunião”, disse Pimentel ao longo da entrevista.

A notícia da intervenção do governador nas negociações entre a Associação dos Servidores da Jucemg (Asjuc) e representantes da Junta e do próprio Estado trouxe um novo ânimo para a presidente da Asjuc, Alessandra Araújo. A dirigente, que já havia aceitado a ideia de que o imbróglio só seria resolvido na Justiça, agora visualiza a possibilidade de outra solução para as reivindicações dos funcionários da autarquia.

Em greve desde o último dia 28 de agosto, os servidores vêm buscando ter as suas demandas atendidas pelo governo. Já foram vários encontros, segundo a Asjuc, porém todos sem sucesso. O impasse hoje se encontra a cargo da Justiça. No último dia 1º de dezembro, foi realizada uma audiência pública de conciliação, mas as partes não chegaram a um acordo.

“Para a gente (o anúncio do governador), significa ‘bater o martelo’ de que as coisas vão ser conduzidas agora com seriedade, porque antes não estavam sendo. Com a intervenção do Pimentel, a gente acredita sim que o impasse tende a ser resolvido. Essa postura do governador traz a sensação de respeito, de que as coisas vão se encaminhar e se desenrolar”, afirma Alessandra Araújo.

Pimentel assegurou que vai convocar ainda hoje uma reunião com a equipe do governo que vem conduzindo as negociações com os servidores. O objetivo é entender a situação da greve. “Amanhã (hoje) mesmo já estarei chamando para uma reunião emergencial não só as autoridades, como os secretários que cuidam dessa área, para me inteirar pessoalmente sobre o que está acontecendo. Confesso que não tinha chegado ao detalhe desta questão. É muita coisa, são muitos assuntos. O Estado é grande demais”, destacou o governador.

A presidente da Asjuc informou que vai aguardar o contato de representantes do governo para um possível encontro. Para Alessandra Araújo, essa sinalização dada por Pimentel é a maior esperança para resolver a greve. Nessa segunda-feira (11), a associação chegou a protocolar na Justiça que não foi possível nenhum acerto com a Junta e o governo a partir das reuniões feitas na semana passada, a pedido do próprio Judiciário.

Além do cumprimento do acordo de 2015 - que prevê uma gratificação de 50% no salário e a instituição do plano de carreira - os servidores da Jucemg pedem na pauta de reivindicações o fim do assédio moral e do nepotismo na entidade e a manutenção das políticas de pagamento do vale-alimentação.

Por causa da greve, a Junta já acumula mais de 25 mil processos - entre pedidos de abertura e extinção de empresas, alteração contratual e registro de livros -, segundo a Asjuc.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

22/02/2018
Tribunal investigará contas do Estado
Auditoria vai apurar eventual descumprimento de repasses de tributos aos municípios mineiros
22/02/2018
Cresce em ritmo lento intenção de consumo das famílias do País
Rio de Janeiro - O índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF), apurado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e...
22/02/2018
Adesões ao Simples têm alta de 46,17% em Minas
Foram 49.952 pedidos em janeiro
22/02/2018
Bancos retomam crédito para as MPEs
São Paulo - Ávidos para acelerar os resultados com crédito na esteira da economia que sai da recessão, os bancos brasileiros retomaram com força a...
22/02/2018
Vendas no varejo subiram 0,2% em janeiro, aponta a Boa Vista
São Paulo - As vendas no varejo subiram 0,2% em janeiro na comparação com dezembro, em dados dessazonalizados, de acordo com a pesquisa Indicador Movimento do...
› últimas notícias
Tribunal investigará contas do Estado
Cresce em ritmo lento intenção de consumo das famílias do País
Adesões ao Simples têm alta de 46,17% em Minas
Bancos retomam crédito para as MPEs
Vendas no varejo subiram 0,2% em janeiro, aponta a Boa Vista
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Electric Ink investe R$ 12 mi em Uberaba
Empresas tradicionais se rendem à cultura das startups
Coco Bambu vai desembarcar na Capital e Uberlândia
Mudanças legislativas geram divergências
Alienação fiduciária será analisada pelo STF
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


22 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.