Publicidade
17/01/2018
Login
Entrar

Opinião

07/09/2017

Plano Diretor pode ser um tiro no pé

José Aparecido Ribeiro*
Email
A-   A+
Se aprovado como deseja a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), o Plano Diretor da Capital poderá levar a cidade a uma estagnação ainda maior do que a provocada pela crise financeira e política pela qual atravessa o País. Fica cada vez mais evidente que a construção do plano se deu através de uma lógica que tem o capital como inimigo, construído por uma esquerda desnorteada e inimiga de quem gera emprego e renda. As...

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

17/01/2018
Editorial
Semiárido mineiro pede mais atenção
17/01/2018
Porta aberta para a derrama
Como é praxe acontecer na virada do ano, o governo se aproveita das festas de fim de ano, quando a população está distraída, para abrir seu “saco de...
17/01/2018
Uma retrospectiva sem perspectiva
Finalizamos 2017 com a desconfortável sensação de que não há finais. 2017 desafiou a noção de tempo organizado de forma racional e linear, como uma...
17/01/2018
Tsunami tecnológico
O crescimento da demanda nesta última década pela criação de smartphones ultramodernos intensificou o trabalho dos profissionais programadores de aplicativos e daqueles...
16/01/2018
Editorial
Pedalando com a regra de ouro
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.