Publicidade
20/01/2018
Login
Entrar

Negócios

15/11/2017

Portugal estreita laços comerciais com Minas Gerais

Daniela Maciel
Email
A-   A+
Em 2016, saldo da balança comercial entre MG e Portugal foi superavitário em US$ 35,7 mi/Sean Pavone/Photo
O legado português em Minas Gerais vai além da história contada por meio da arquitetura, gastronomia e da própria língua. A ligação com os patrícios é também econômica. Dados do Banco de Portugal mostram que o Brasil ocupa a sexta posição entre os países que investem em Portugal e figura na quarta posição entre os países que recebem investimentos daquele país.

Minas Gerais tem uma colaboração importante nesses resultados. Em 2016, o saldo da balança comercial entre Minas Gerais e Portugal foi superavitário em US$ 35,7 milhões. O total exportado por Minas Gerais para Portugal somou US$ 44,5 milhões, ao passo que o valor importado foi de US$ 8,9 milhões. O café é o produto mais exportado para Portugal, em 2016 os embarques deste produto somaram US$ 18,5 milhões, tendo sido responsável por 41,6% da pauta mineira para Portugal, seguido por peças para motores, com US$ 10,6 milhões e 23,9% de participação e fio-máquina de ferro ou aço não ligado com US$ 7,43 milhões e 16,7% de participação. Já nas importações, o azeite de oliva foi o produto mais importado por Minas Gerais de Portugal em 2016, com aproximadamente US$ 1,45 milhão e 16,3% de participação. Em seguida, aparecem peixes congelados, com US$ 1,21 milhão e responsável por 13,7% do total e também circuitos integrados e microconjuntos eletrônicos, com US$ 1,10 milhão e 12,4% de participação.

De acordo com o presidente da Câmara Portuguesa de Minas Gerais, Fernando Meira Ribeiro Dias, existe espaço para o crescimento das relações comerciais entre Minas Gerais e Portugal. A história e a língua comuns são alguns dos facilitadores mais visíveis, mas é possível ir além. “Fora essa relação comercial de importação e exportação pautada pela evidente qualificação dos produtos mineiros e portugueses, há muito espaço para o crescimento nas vendas e também nos investimentos. Portugal pode ser a melhor porta de entrada para os produtos mineiros no mercado europeu. Isso vem acontecendo em parte, mas pode melhorar na medida em que as médias e pequenas empresas mineiras se internacionalizem”, explica Dias.

Portugal também oferece o programa 20/20, que incentiva empreendedores brasileiros a investir no País em áreas geográficas de menor desenvolvimento em diversos setores. São 25 bilhões de euros disponíveis que contam com financiamento com juros abaixo do mercado e uma série de isenções tributárias. De outro lado, o mercado imobiliário português tem sido alvo de interesse de muitos brasileiros.

“Portugal tem oferecido condições especiais para a atração de investimentos, com dinheiro barato e outras facilidades para quem quer investir em regiões que não sejam Lisboa e Porto. Essa é uma oportunidade para quem quer começar a empreender na Europa. Muitos brasileiros têm instalado sua segunda residência no país para geração de renda com o aluguel de temporada. Portugal recebe, atualmente, 22 milhões de turistas por ano e é considerado o terceiro país mais seguro do mundo”, analisa o presidente da Câmara Portuguesa de Minas Gerais.

Turismo - A atividade turística é outro ponto que pode ser melhorado entre os dois territórios. A viagem de nove horas é realizada sem escala pela TAP Portugal, em seis frequências semanais. Os mineiros, tanto a passeio quanto a negócios são mais frequentes no país europeu do que o contrário. O empresário, que também é proprietário da Master Turismo e representante da TAP Portugal em Minas, avalia que esse é um setor em franco desenvolvimento.

“Minas Gerais ainda não é um destino comum para os portugueses. Embora o trabalho de divulgação tenha melhorado nos últimos tempos, ainda há muito o que fazer na Europa nesse sentido. Lisboa pode ser o aeroporto de conexão de toda a Europa para o Brasil. Minas Gerais oferece um roteiro mais requintado, ligado à cultura e à arte, para o viajante europeu e essa é uma característica que precisa ser exaltada. Daqui pra lá, os mineiros já descobriram Portugal e o voo direto vem apresentando uma taxa de ocupação muito boa”, destaca o empresário.

Homenagem - Para fomentar o comércio entre Portugal e Minas, a Câmara Portuguesa de Minas Gerais homenageia cidadãos brasileiros, portugueses ou luso-descendentes em reconhecimento ao seu esforço e dedicação para fortalecer e solidificar as relações entre Minas Gerais e Portugal com o prêmio “Destaque Empresarial Luso Mineiro”. Este ano o agraciado é o diretor-presidente da Empresa Construtora Brasil (ECB), Rafael Vasconcelos Moreira da Rocha.

“A EBC é uma grande empresa mineira que tem uma relação estreita com Portugal por meio da sua associação com um dos maiores grupos empresariais de Portugal, o Mota-Engil. Minas tem uma grande tradição na construção civil no Brasil e a entrada de uma empresa portuguesa através do Estado traz um número incrível de oportunidades para os dois lados”, justifica Dias.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/01/2018
Hotéis da Capital preveem aumento nas taxas de ocupação
Sucesso da festa em BH mudou cotidiano do trade
20/01/2018
Três formas de atrair e reter talentos na era da disrupção
Empresas podem se adaptar às mudanças no capital humano, abraçando a flexibilidade, incentivando o intraempreendedorismo e promovendo um senso de propósito
20/01/2018
Você sabia que o seguro viagem também serve para cancelamentos de viagem?
Imagine que a sua viagem está toda programada, passagens compradas, roteiro definido, dinheiro reservado, cartões de crédito desbloqueados e até o roaming internacional...
20/01/2018
Colônias de férias apuram alta de 50% na demanda
Crise é um dos motivadores
20/01/2018
Folia contará com cachoeira artificial
Se toda a espontaneidade e beleza do Carnaval de rua de Belo Horizonte e as programações da prefeitura ainda não eram motivos suficientes para alguns belo-horizontinos ficarem...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.