17/06/2018
Login
Entrar




Finanças

10/03/2018

Previ tem superávit de R$ 1,3 bilhão em janeiro

AE
Email
A-   A+
São Paulo - A Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, fechou o mês de janeiro com superávit de R$ 1,3 bilhão, perto de chegar ao equilíbrio após o déficit de R$ 16,1 bilhões em 2015. A fundação é a maior do País, com ativos da ordem de R$ 170 milhões e cerca de 200 mil associados.

A Previ possui dois planos. O mais antigo, de benefício definido, O Plano 1, terminou ano passado com um resultado positivo de R$ 9,6 bilhões e uma rentabilidade de 14,85%. Já o Previ Futuro, plano para os associados que ingressaram a partir de 1998, teve rentabilidade de 14,97%. Ambos superaram de longe a meta atuarial, que foi de 7,17%.

A Previ destaca, em documento sobre seu resultado, que houve um aumento dos limites de alocação em renda variável no Plano 1, “de um intervalo que variava entre o mínimo de 41,75% e máximo de 49,75% para um de 43,90% a 51,90%”.

“A tendência em 2018 é diminuir a exposição da carteira, com um rebalanceamento e aumento da diversificação. O conceito, chamado de desinvestimento líquido, é simples: ao vender participações, a Previ realoca parte dos recursos levantados em novas companhias com expectativa de valorização, bom fluxo de dividendos e elevados padrões de governança corporativa”, frisa.

A Previ destaca que essa estratégia de desconcentração começou em 2017 com a venda das ações da CPFL Energia e compra de ações da BR Distribuidora, que abriu seu capital no final do ano passado.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/06/2018
Especialistas aprovam antecipação feita pela CMN
São Paulo – A decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN) de antecipar o fim do prazo médio de repactuação mínimo (PRC) para títulos...
16/06/2018
Série de perdas é a maior desde 2014
Após nova queda na sexta-feira, índice alcançou quinta semana consecutiva de baixas
16/06/2018
País registra crescimento de 0,46% em abril
São Paulo - A economia brasileira ganhou impulso em abril, após contração no mês anterior, de acordo com dados do Banco Central (BC), ritmo que está sob...
16/06/2018
Positivo estuda realizar oferta pública de unidade em janeiro
São Paulo - O grupo brasileiro Positivo planeja uma oferta pública inicial da unidade de educação para janeiro do próximo ano, disse um executivo sênior...
16/06/2018
IGP-10 avança 1,86% em junho, puxado pela alta dos alimentos
São Paulo - Os preços dos alimentos tanto no atacado quanto no varejo subiram em junho e o Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) acelerou a alta a 1,86% neste mês,...
› últimas notícias
BDMG reduz juros para MPEs
Valor de dívidas de estados e municípios foi de R$ 594,1 mi
Fazenda critica MP do frete ao STF
Liberação de saque deve injetar R$ 39,3 bi no mercado
Uberlândia está no rumo da universalização
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


16 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.