Publicidade
22/11/2017
Login
Entrar

Finanças

11/01/2017

Prévia de janeiro do IGP-M registra aumento de 0,86% no Brasil

Email
A-   A+
Em 12 meses, índice de reajuste de aluguel subiu 6,88%/Alessandro Carvalho/Divulgação
Rio de Janeiro - A primeira prévia de janeiro do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, registrou uma inflação de 0,86%, taxa superior ao 0,2% da primeira prévia de dezembro. O IGP-M acumula taxa de 6,88% em 12 meses, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

A primeira prévia de janeiro de 2017 do IGP-M foi calculada com base em preços coletados entre os dias 21 e 31 do mês de dezembro de 2016.

A alta da prévia entre dezembro e janeiro é resultado do avanço da taxa em todos os três subíndices que compõem o IGP-M. A inflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, subiu de 0,3% em dezembro para 1,13% em janeiro.

O Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, passou de uma deflação de 0,02% em dezembro para uma inflação de 0,4% em janeiro. Já o Índice Nacional de Custo da Construção subiu de 0,12% para 0,22% no período. (ABr)

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

22/11/2017
Ibovespa tem terceira alta consecutiva
Otimismo com a reforma da Previdência e cenário externo positivo impulsionaram o índice
22/11/2017
CAE aprova PL que muda a relação entre BC e Tesouro
Brasília - A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou ontem projeto de lei que altera a sistemática de transferência de resultados cambiais do...
22/11/2017
IGP-M avança 0,37% na 2ª previa de novembro
Rio - O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) teve alta de 0,37% na segunda prévia de novembro, após o avanço de 0,30% na segunda prévia de outubro. A...
22/11/2017
Vendas atingem recorde em setembro
São Paulo - As vendas de bens e serviços por meio de consórcios foram recorde em setembro, com o escoamento de 230 mil cotas. O resultado ficou 9% acima do registrado no...
21/11/2017
IBC-Br atinge o maior nível desde 2015
Indicador do Banco Central avançou 0,40% em setembro e acumula uma alta de 0,43% neste ano
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.