Publicidade
25/04/2018
Login
Entrar

Agronegócio

20/04/2017

Produtores com rebanho acima de 150 animais vão declarar vacinação via internet

Da Redação
Email
A-   A+
O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) publicou neste mês a Portaria 1703, estabelecendo que, a partir de agora, os produtores rurais proprietários de 150 ou mais bovinos ou bubalinos deverão declarar a vacinação do seu rebanho contra a febre aftosa exclusivamente por meio do site do instituto. Até então, os produtores podiam declarar a vacinação de forma presencial em uma unidade do IMA.

“Esta medida desburocratiza o serviço. Os produtores poderão declarar a vacinação do seu gado da sua própria casa ou escritório, pela internet. Com isso, ganham comodidade, facilidade e, principalmente, tempo para se dedicar às suas atividades produtivas”, afirma o diretor-geral do IMA, Marcílio de Sousa Magalhães.

A vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa é obrigatória em todo o território mineiro e deve ser realizada duas vezes por ano.  A primeira etapa ocorre de 1º a 31 de maio, quando devem ser vacinados todos os bovinos e bubalinos, independentemente da idade. Além de vacinar, o produtor também deve declarar a vacinação até o dia 10 de junho.

Em novembro ocorre a segunda etapa, quando devem ser imunizados os animais de até dois anos de idade, devendo a declaração ser feita até o dia 10 de dezembro. Minas Gerais possui o segundo maior rebanho bovino do Brasil, com 23,7 milhões de cabeças, e ocupa a liderança nacional na produção de leite, com aproximadamente 9,3 bilhões de litros/ano.

Para realizar a declaração pela internet, o produtor deverá utilizar o seu CPF e ter em mãos o número da nota fiscal de compra de vacinas.

A declaração para produtores com plantel de até 150 animais ainda poderá ser feita presencialmente no IMA, ou também via internet. Minas Gerais possui 389 mil produtores rurais, sendo que 206 mil destes são pequenos produtores com rebanhos de até 25 animais.

“Estes produtores poderão continuar fazendo a declaração pessoalmente nas unidades do IMA. Entretanto, estamos trabalhando para que eles passem a utilizar a declaração eletrônica pelo site do instituto, que é fácil, rápida, segura e está aberta a todos os produtores rurais”, explica o gerente de Defesa Sanitária Animal do IMA, Guilherme Negro.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

25/04/2018
Levantamento aponta recuo de 3,6% na safra
Ainda segundo dados da Conab, produção do etanol se manteve estável e a do açúcar caiu na temporada 17/18
25/04/2018
3corações investe em novos produtos para expandir mercado pelo País
São Paulo - O grupo 3corações, líder brasileiro no segmento de café torrado e moído, buscará ampliar suas vendas de cafés especiais com...
25/04/2018
Brasil registra alta de 169% na produção em 2017
Paris - A produção mundial de vinhos caiu para o nível mais baixo em 60 anos, em 2017, devido às condições climáticas adversas na União...
24/04/2018
Indústria prevê crescimento menor no ano após veto da UE
Segundo Sindirações, se situação piorar, porém, setor pode ter até queda
24/04/2018
Agricultoras de Água Boa ganham opção para ampliar renda no campo
A diversificação de atividades no campo tem sido importante para os agricultores aumentarem a renda familiar e melhorar a qualidade de vida. E nem sempre essa atividade precisa ser...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


25 de abril de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.