Publicidade
19/02/2018
Login
Entrar

Economia

21/11/2017

Projeto de aeroporto em Uberaba avança

Prefeitura assinou convênio de outorga com Ministério do Transportes para exploração do terminal
Mara Bianchetti
Email
A-   A+
Piau destaca que o empreendimento vai envolver o Triangulo Mineiro e Alto Paranaíba/PMU/Divulgaçãõ
Mais um passo foi dado para a criação do Aeroporto Internacional de Cargas e Passageiros do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. O prefeito de Uberaba, Paulo Piau, assinou o convênio de outorga entre o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, para exploração do terminal que deverá ser construído às margens da BR-050, entre o município e Uberlândia.

De acordo com Piau, o aeroporto já estava sendo discutido regionalmente, não sendo um assunto exclusivo de Uberaba. E que agora o projeto foi repassado ao governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), para seus possíveis desdobramentos e apoios institucionais.
A ideia, conforme ele, é que o terminal envolva toda a região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, comum aos 70 municípios, para que recebam todos os benefícios do terminal.

“Este seria, enfim, o segundo aeroporto de grande porte e bem estruturado de Minas Gerais. Hoje o Estado conta apenas com Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, localizado em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Nossa ideia é oferecer uma estrutura que atenda a todos os municípios da região. O governo federal reconheceu a importância do projeto e demos um passo significativo e muito importante”, comentou.

Para isso, no entanto, conforme o prefeito, é preciso correr, de maneira a aproveitar o potencial existente e a distância dos grandes terminais. “Os principais aeródromos estão a pelo menos 500 quilômetros daqui. Temos que aprovar o projeto também junto ao governo do Estado e atrair parceiros privados antes que algo semelhante surja nos limites com os estados de Goiás ou São Paulo”, admitiu.

Ainda segundo o chefe do Executivo, não haverá investimento público na construção e nem na operação, sendo a modelagem de negócio com participação da iniciativa privada.

Parceiros - Neste sentido, ele revelou que já existem possíveis parceiros interessados no projeto. E que o mesmo já se encontra em análise pelo governo de Minas. “Realizamos um grande esforço para conseguir a outorga junto ao governo federal. Agora que foi aprovado, temos recebido contato de grupos nacionais e internacionais interessados em parcerias futuras. O próximo passo será, justamente, ir a campo em busca destes parceiros”, disse.

Além disso, como importante polo logístico do Estado, o prefeito acredita que a construção do aeroporto ira fomentar ainda mais a região enquanto um grande centro integrador de logística. A justificativa, segundo ele, está na já operação de terminais rodoviários e ferroviários, interligando importantes pontos e polos produtivos do País.

“Querendo ou não, o Brasil continua sendo monitorado interna e externamente e passado o momento de crise, voltará a crescer. Queremos estar preparados para o momento que a economia voltar à pujança e ajudar a alavancar ainda mais os negócios do nosso País”, ressaltou.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/02/2018
Sondagem revela retomada do otimismo na construção civil
Apurado pela Fiemg, indicador supera os 50 pontos pela primeira vez desde março de 2014
17/02/2018
Valor liberado para médios e grandes produtores na safra 2017/18 é de R$ 85 bilhões
São Paulo - O montante de crédito rural oficial liberado para médios e grandes produtores no acumulado da safra 2017/18, entre julho do ano passado e janeiro, aumentou 14%...
17/02/2018
Justiça decide que elétricas não poderão ter cobrança retroativa de débitos de R$ 6 bilhões
São Paulo - A Justiça no Distrito Federal reviu na sexta-feira (16) um posicionamento da semana passada, e agora um grupo de elétricas que tinha perdido uma...
17/02/2018
Sebrae pretende atender 69,6 mil MPEs
Projeto da entidade compreende visitas de equipes da entidade nos empreendimentos em Minas Gerais
17/02/2018
Nível de atividade do varejo no Brasil aumenta 1,3% em janeiro, aponta a Cielo
São Paulo - O nível de atividade do varejo brasileiro teve alta de 1,3% em janeiro ante o mesmo período de 2017, descontada a inflação do período,...
› últimas notícias
Sondagem revela retomada do otimismo na construção civil
Valor liberado para médios e grandes produtores na safra 2017/18 é de R$ 85 bilhões
Justiça decide que elétricas não poderão ter cobrança retroativa de débitos de R$ 6 bilhões
Sebrae pretende atender 69,6 mil MPEs
Nível de atividade do varejo no Brasil aumenta 1,3% em janeiro, aponta a Cielo
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Começam as obras do Aeródromo Inhotim
Folia supera expectativas em Belo Horizonte
Mobiliata une empreendedorismo e impacto social
Sondagem revela retomada do otimismo na construção civil
Carnaval aqueceu setor de brindes na Capital
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.