22/07/2018
Login
Entrar




Minas 2032

06/07/2018

Promoção está prevista no Objetivos do Desenvolvimento Sustentável 8

Daniela Maciel
Email
A-   A+
A promoção da diversidade é um dos interesses dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) promovidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2015. No objetivo 8: “Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos”, o quinto item fala objetivamente sobre o tema: “Até 2030, alcançar o emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todas as mulheres e homens, inclusive para os jovens e as pessoas com deficiência, e remuneração igual para trabalho de igual valor”.

Segundo dados da ONU, aproximadamente 2,2 bilhões de pessoas vivem abaixo da linha da pobreza e a erradicação do problema só é possível por meio de empregos bem pagos e estáveis. 470 milhões de empregos são necessários mundialmente para a entrada de novas pessoas no mercado de trabalho entre 2016 e 2030. Pequenas e médias empresas que se comprometem com o processamento industrial e com as indústrias manufatureiras são as mais decisivas para os primeiros estágios da industrialização e são geralmente as maiores geradores de emprego. São responsáveis por 90% dos negócios no mundo e contabilizam entre 50 a 60% dos empregos.

“O papel social das empresas é uma ideia recente e ainda não consolidada no Brasil. A diversidade traz ganhos internos de clima, produtividade e resultados. Os altos executivos precisam olhar para esses processos de inclusão com empatia. É investir em um plano que não dá resultado no curto prazo. O RH tem um papel gigantesco nesse processo não só porque é o responsável pelas recontratações, mas também porque cuida do desenvolvimento da alta liderança e, assim, da disseminação do tema para as outras áreas.

Todo mundo é responsável. As empresas já são diversas, mas a inclusão é uma responsabilidade do RH, porque ele detém a comunicação”, afirma a sócia-fundadora da Talento Incluir, Carolina Ignarra.

“Na história brasileira as empresas nunca tiveram o papel educacional. Agora que as empresas responsáveis estão olhando pra isso. Essa mudança de cultura demanda tempo. Tem que ter frequência e persistência”, o pesquisador da Vagas.com, Rafael Urbano.

OBJETIVO 8 - Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos.

8.1 Sustentar o crescimento econômico per capita de acordo com as circunstâncias nacionais e, em particular, um crescimento anual de pelo menos 7% do produto interno bruto [PIB] nos países menos desenvolvidos.

8.2 Atingir níveis mais elevados de produtividade das economias por meio da diversificação, modernização tecnológica e inovação, inclusive por meio de um foco em setores de alto valor agregado e dos setores intensivos em mão de obra.

8.3 Promover políticas orientadas para o desenvolvimento que apoiem as atividades produtivas, geração de emprego decente, empreendedorismo, criatividade e inovação, e incentivar a formalização e o crescimento das micro, pequenas e médias empresas, inclusive por meio do acesso a serviços financeiros.

8.4 Melhorar progressivamente, até 2030, a eficiência dos recursos globais no consumo e na produção, e empenhar-se para dissociar o crescimento econômico da degradação ambiental, de acordo com o Plano Decenal de Programas sobre Produção e Consumo Sustentáveis, com os países desenvolvidos assumindo a liderança.

8.5 Até 2030, alcançar o emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todas as mulheres e homens, inclusive para os jovens e as pessoas com deficiência, e remuneração igual para trabalho de igual valor.

8.6 Até 2020, reduzir substancialmente a proporção de jovens sem emprego, educação ou formação.

8.7 Tomar medidas imediatas e eficazes para erradicar o trabalho forçado, acabar com a escravidão moderna e o tráfico de pessoas, e assegurar a proibição e eliminação das piores formas de trabalho infantil, incluindo recrutamento e utilização de crianças-soldado, e até 2025 acabar com o trabalho infantil em todas as suas formas.

8.8 Proteger os direitos trabalhistas e promover ambientes de trabalho seguros e protegidos para todos os trabalhadores, incluindo os trabalhadores migrantes, em particular as mulheres migrantes, e pessoas em empregos precários.

8.9 Até 2030, elaborar e implementar políticas para promover o turismo sustentável, que gera empregos e promove a cultura e os produtos locais.

8.10 Fortalecer a capacidade das instituições financeiras nacionais para incentivar a expansão do acesso aos serviços bancários, de seguros e financeiros para todos.
8.a Aumentar o apoio da Iniciativa de Ajuda para o Comércio [Aid for Trade] para os países em desenvolvimento, particularmente os países menos desenvolvidos, inclusive por meio do Quadro Integrado Reforçado para a Assistência Técnica Relacionada com o Comércio para os países menos desenvolvidos.

8.b Até 2020, desenvolver e operacionalizar uma estratégia global para o emprego dos jovens e implementar o Pacto Mundial para o Emprego da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/07/2018
Unimed BH amplia a contratação de energia limpa
Cooperativa mantém diversas ações em prol da sustentabilidade
13/07/2018
DC Logistics mantém ação para plantio de árvores
Já foram 25 mil mudas plantadas
13/07/2018
BH Shopping reaproveita resíduos para produzir fertilizante
Reduzir o impacto ambiental e reutilizar materiais que seriam descartados, além de gerar custo zero nos negócios, é bem-visto aos olhos do consumidor e pode fazer com que a...
06/07/2018
Diversidade: caminho ainda é longo
Levantamento mostra que empresas não mantêm programas para melhorar o quadro
13/06/2018
MRV reduz emissão de gases do efeito estufa
Empresa mantém programa em seus escritórios, lojas e obras para diminuir o impacto ambiental da atividade
› últimas notícias
Exportações de soja devem ser recorde no próximo ano
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Minas mantém sequência de superávit
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.