Publicidade
17/08/2017
Login
Entrar

Legislação

15/03/2017

Rais terá de ser entregue por certificado ICP-Brasil

Da Redação
Email
A-   A+
As empresas e pessoas físicas que tiveram empregados no ano passado tem até a próxima sexta-feira para entregar a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2016. As que contam em seu plantel com, no mínimo 11 funcionários, bem como os órgãos da administração pública, devem obrigatoriamente usar o certificado digital ICP-Brasil para o envio.

“O envio da Rais pode ser feito somente via internet e por isso, o uso da certificação digital é de extrema importância tanto para quem envia quanto para quem recebe o documento.

Pelo lado do remetente, garante a segurança de que não haverá nenhuma alteração nos dados durante o trajeto no meio eletrônico, na medida em que o sistema de certificação digital é criptografado e, portanto, imune a ataques de hackers. Já pelo lado do governo, que recebe a relação, há a garantia e comprovação de que o remetente é quem realmente diz ser, coibindo assim qualquer caso de fraude que possa prejudicar os estudos estatísticos feitos com base nos dados da Relação Anual de Informações Sociais”, explica Julio Cesar Mendes, gerente comercial da Soluti, empresa brasileira especializada em segurança e certificação digital.

A declaração da Rais é obrigatória para todas as pessoas jurídicas com CNPJ ativo na Receita Federal no ano passado, com ou sem empregados, dos setores público ou privado e todos os estabelecimentos com Cadastro de Empresa Individual (CEI), que possuem funcionários.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/08/2017
Comissão trata de marco punitivo
Brasília - A comissão mista da Medida Provisória (MP) 784, que estabelece novo marco punitivo para instituições financeiras, aprovou ontem o plano de trabalho...
17/08/2017
Itaú espera aval do BC para integrar Citi
Cade aprova compra de operação de varejo no Brasil com proibição de novas aquisições por 30 meses
17/08/2017
STF nega indenização superior a R$ 2 bi
Brasília - Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) negou ontem pedidos de indenização feito pelo Estado de Mato Grosso por conta da desapropriação de...
17/08/2017
Corregedoria suspende pagamentos de ?valores vultosos? a 84 juízes
São Paulo - O corregedor nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, informou que não houve autorização por parte da Corregedoria do...
15/08/2017
Justiça de Minas adota critérios do CNJ para remoção de servidores
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) passa a adotar, nas remoções de servidores da Primeira Instância, os critérios da Resolução 219/2016 do...
› últimas notícias
ENTREVISTA | MARCUS VINÍCIUS POLIGNANO
Rio das Velhas atinge nível crítico de vazão
Projeção para salário mínimo em 2018 é reduzida
Setor de serviços em Minas registrou queda de 3% no semestre
Cemig pode fechar acordo com a União
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Receita da Pif Paf deve ir a R$ 4 bilhões
Roubo de cargas onera toda a sociedade
Magnesita Refratários reporta prejuízo líquido de US$ 41,4 milhões
Vale passa a ter o controle indefinido e afasta o fantasma de interferência governamental
Estado busca alavancar indústria criativa
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.