Publicidade
22/09/2017
Login
Entrar

Política

07/09/2017

Revisão de acordo não invalida provas colhidas

AE
Email
A-   A+
Brasília - Mesmo que o acordo de colaboração premiada do empresário Joesley Batista e do executivo Ricardo Saud, do grupo J&F, seja revisto e até mesmo anulado, as provas colhidas poderão ser aproveitadas nas investigações, avaliam três ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). “A lei sobre organizações criminosas dispõe que, na eventualidade de uma revisão do acordo de...

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

22/09/2017
Temer recebeu propina, afirma Funaro
Odebrecht e Andrade Gutierrez destinaram recursos de obra de usina para o presidente, diz doleiro
22/09/2017
Grace Mendonça propõe contabilizar mais de R$ 4 bilhões de precatórios
AGU decide encaminhar portaria para o Tesouro Nacional
22/09/2017
Relator de acusação na CCJ deve ser técnico
Brasília - À espera da chegada da segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer à Câmara, o presidente da...
22/09/2017
Supremo conclui julgamento sobre denúncia contra Michel Temer
Brasília - Por dez votos a um, o Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu o julgamento ontem de que o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, deve enviar para a Câmara dos...
22/09/2017
CPI mista aprova convite a Rodrigo Janot para esclarecer acordo feito com executivos
Brasilia - Em sessão esvaziada, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista da JBS aprovou ontem um convite para ouvir o ex-procurador-geral Rodrigo Janot e seu...
› últimas notícias
Editorial
"A Costa dos Murmúrios", da portuguesa Lídia Jorge
CCPR assume 100% de participação na Itambé
Temer recebeu propina, afirma Funaro
Banco Central reduz as projeções para a inflação deste ano
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Usiminas reajustará preços em 10,2%
Setor de mineração deve mudar o foco dos investimentos
Fiemg apresenta plano para o Alto Paranaíba
BR Food cogita reduzir produção em fábricas de Uberlândia
Crise econômica impacta o financiamento estudantil
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


22 de September de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.