Publicidade
21/11/2017
Login
Entrar

Política

07/09/2017

Revisão de acordo não invalida provas colhidas

AE
Email
A-   A+
Brasília - Mesmo que o acordo de colaboração premiada do empresário Joesley Batista e do executivo Ricardo Saud, do grupo J&F, seja revisto e até mesmo anulado, as provas colhidas poderão ser aproveitadas nas investigações, avaliam três ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). “A lei sobre organizações criminosas dispõe que, na eventualidade de uma revisão do acordo de...

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

21/11/2017
Maia critica que recorrer a MPs é agir como "ditador"
Presidente da Câmara volta a reprovar alterações na lei trabalhista
21/11/2017
Temer troca ministro à cata de apoio
Indicado para pasta das Cidades é ligado ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia
21/11/2017
Ao assumir, novo diretor-geral põe em dúvida corrupção atribuída a Temer
Brasília - O novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, apontou dúvida sobre a conclusão de que houve corrupção por parte de Michel...
21/11/2017
Câmara tem proposta alternativa
Brasília - Em meio às negociações para enxugar o texto da reforma da Previdência, a Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira...
21/11/2017
Reforma deve ir para pauta até começo de dezembro
Brasília - A reforma da Previdência deverá ser pautada na Câmara dos Deputados até a primeira semana de dezembro, afirmou ontem ministro da Fazenda, Henrique...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.