19/08/2018
Login
Entrar

Agronegócio

10/08/2018

Safra deve diminuir 5,7% no País, projeta o IBGE

AE/Reuters
Email
A-   A+
Rio de Janeiro e São Paulo - A safra agrícola de 2018 deve totalizar 226,8 milhões de toneladas, uma queda de 5,7% em relação à produção de 2017, o equivalente a 13,8 milhões de toneladas a menos. Os dados são do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de julho, divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado é 1,1 milhão de toneladas menor do que o estimado pelo levantamento de junho, o que representa um recuo de 0,5%.  Em 2017, a safra somou 240,6 milhões de toneladas.

Segundo o IBGE, os produtores brasileiros devem colher 61,2 milhões de hectares na safra agrícola de 2018, uma elevação de 0,02% em relação à área colhida em 2017, o equivalente a 12.161 hectares a mais. A expectativa é 0,03% menor que o previsto no levantamento de junho, devido a um decréscimo de 18.848 hectares.

De acordo com o IBGE, a produção nacional de soja deve alcançar o recorde histórico de 116,4 milhões de toneladas em 2018. O resultado é 1,2% maior neste ano do que o obtido em 2017. A área colhida deve aumentar em 2,5%.

A safra de milho, porém, deve encolher 16,7% em 2018, com queda de 7,1% na área. Já o arroz registra recuo de 7,3% na produção, e redução de 5,4% na área colhida.
O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos agrícolas do País, responsáveis por 93,0% da estimativa da produção brasileira em 2018 e 87,0% da área a ser colhida.

Café – De acordo com o IBGE, o Brasil deve produzir um recorde de 57,2 milhões de sacas de café neste ano, em um ligeiro corte ante a estimativa anterior, de 57,3 milhões de sacas.

O volume é consideravelmente maior na comparação com os cerca de 46 milhões de sacas registrados no ano passado e reflete a bienalidade positiva do arábica, principal variedade cultivada no País. Conforme o IBGE, a produção de arábica deve alcançar 43,1 milhões de sacas, enquanto a de conilon (robusta), 14,1 milhões de sacas.

O Brasil é o maior produtor e exportador global de café. Um aumento na colheita contribuiria para que o País recompusesse seus estoques, que fecharam a safra passada no menor nível em seis anos.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

18/08/2018
Melhoramento genético reúne produtores
ExpoGenética será realizada em Uberaba, entre 18 e 26 de agosto, com foco em qualidade e produtividade
18/08/2018
Blairo Maggi pede responsabilidade aos empresários
Representantes de 28 entidades do agronegócio reuniram-se na última quinta-feira (16), para avaliação do programa de desburocratização do Ministério...
18/08/2018
Exportações somam US$ 3,5 bi, alta de 8,3%
Brasília - Com certificado de sanidade e produzida com sustentabilidade, a carne bovina brasileira entrou em mais de 135 países, em 2017, totalizando 1,5 milhão de toneladas...
17/08/2018
VBP deve ter ligeiro recuo em Minas
Previsão para o ano é de R$ 57,6 bilhões, retração de 0,33% frente ao registrado em 2017
17/08/2018
ADM fecha acordo de compra de unidades da Algar Agro
São Paulo - A norte-americana Archer Daniels Midland (ADM) anunciou ontem que fechou um acordo para compra de unidades processadoras de soja da brasileira Algar Agro, braço...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


18 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.