Publicidade
21/02/2018
Login
Entrar

Negócios

14/02/2017

SEB compra operação da Maple Bear no Brasil

Grupo busca internacionalização
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Escola bilíngue cresceu em Belo Horizonte cerca de 20% em 2016 em relação a 2015; meta de crescimento para 2017 é de 15%/Divulgação
As unidades da escola canadense Maple Bear no Brasil acabam de ganhar um novo gestor local: o Sistema Educacional Brasileiro S/A (SEB), que anunciou, ontem, aquisição das operações da marca no Brasil e na América do Sul. O valor da compra não foi revelado mas, segundo a Diretora Executiva do Grupo SEB, Thamila Zaher, a transação faz parte dos R$ 400 milhões previstos para investimento entre 2016 e 2018. A parceria marca o início da internacionalização do Grupo SEB, do empresário Chaim Zaher, que já tem 39 escolas no Brasil e pretende expandir para os países latino-americanos por meio da Maple Bear. A aquisição também deve ajudar a empresa a alcançar a meta de faturar R$ 760 milhões este ano.

De acordo com a diretora, a Maple Bear reúne uma série de atrativos que levaram o grupo brasileiro a apostar na marca. Entre eles está a preocupação com “excelência educacional”, que gera aderência aos valores do SEB. Com sede em São Paulo, o grupo brasileiro tem uma trajetória de mais de 50 anos e é um dos maiores grupos educacionais do Brasil, com 39 unidades distribuídas em oito estados e 16 cidades. Além disso, o modelo educacional focado no bilinguismo também chamou a atenção do grupo, que enxerga o método como uma tendência.

“O modelo pedagógico e o método de ensino adotado pela Maple Bear foi o que mais nos atraiu, então não vamos modificar nada nesse sentido. Nossa contribuição será, principalmente, em uma gestão mais próxima de quem conhece bem o segmento da educação no País”, afirma. A assistência pedagógica e a capacitação de professores também permanecerão sob responsabilidade da Maple Bear Global Schools, que se mantém sócia das operações brasileira e sul-americana. Essa estratégia garante a manutenção do padrão bem-sucedido repetido em outros nove países e já aprovado por pais e alunos.

Thamila Zaher também destaca que a parceria foi estratégica para o Grupo SEB em relação ao seu planejamento de internacionalização. Isso porque a Maple Bear está presente na América do Sul apenas no Brasil, mas essa parceria permitirá a expansão. “Nossa meta é a expansão para o mercado sul-americano, iniciando assim o nosso processo de internacionalização. Ainda estamos conhecendo as alavancas da operação, mas estamos confiantes no crescimento. Nossa intenção é chegar primeiro aos países que já tenham a cultura da educação bilíngue”, afirma.

Apesar de não entrar em detalhes, a expansão no Brasil também é considerada pela diretora. A marca está presente no País há 10 anos e conta com 85 escolas em operação e mais de 15 mil alunos. Sobre o mercado mineiro, ela ressalta as boas parcerias nas quatro unidades na região Centro-Sul de Belo Horizonte e na região metropolitana. “Minas Gerais é um centro de excelência em educação e tem um mercado supervivo, então tem que ser considerado”, afirma. Mesmo em período de crise econômica, a marca cresceu na Capital cerca de 20% em 2016 em relação a 2015. A meta de crescimento para 2017 é de 15%.

De acordo com Thamila Zaher, a aquisição da Maple Bear faz parte de uma série de investimentos do Grupo SEB, que iniciaram no ano passado e vão até 2018. Segundo ela, esses investimentos incluem ainda melhoria em gestão, qualidade e pessoas. Sobre possíveis novas aquisições, a diretora não abre dados, mas afirma que o grupo está sempre aberto a operações que proponham excelência em educação.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/02/2018
Software: setor "briga" contra bitributação
Cenário normativo é nebuloso; fabricantes se unem contra incidência de ICMS e ISS
21/02/2018
App ?Boca a Boca? já tem dois mil usuários
Um lugar para passar as férias, um bom restaurante, um serviço de assistência mecânica de confiança. Não importa qual a necessidade: o hábito de pedir...
21/02/2018
Um líder para os líderes: as regras e as histórias que fizeram de Vicente Falconi uma referência na gestão
Para muita gente, o professor Falconi é sinônimo de eficiência em gestão. Conheça mais sobre os conceitos que até hoje norteiam algumas das principais empresas do país
21/02/2018
Leis de incentivo devem estimular criação de startups
O governo federal regulamentou na quinta-feira (8), medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo. O decreto...
21/02/2018
Falta de mobilidade urbana afeta varejo
Hipercentros, como o de Belo Horizonte, são os que mais sofrem os efeitos da falta de estrutura
› últimas notícias
Alienação fiduciária será analisada pelo STF
Formação Bruta de Capital Fixo recua 2% em 2017, segundo o Ipea
Desistência em aprovar reforma da Previdência é fator negativo para nota
Produção de ouro da AngloGold cresce 4%
Plano Rota 2030 será anunciado neste mês
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Electric Ink investe R$ 12 mi em Uberaba
Mudanças legislativas geram divergências
Coco Bambu vai desembarcar na Capital e Uberlândia
Governo adia votação de reforma
Petrobras passa a divulgar preços médios nas refinarias
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.