Publicidade
12/12/2017
Login
Entrar

Negócios

11/10/2017

Segunda edição da Finit deve atrair 100 mil pessoas

Evento reunirá palestrantes e parceiros que são destaque em todo o mundo
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Para Corrêa, Minas caminha a passos largos rumo a um novo modelo de desenvolvimento/Anna Castelo Branco
A segunda edição da Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia (Finit) deve atrair 100 mil pessoas para Belo Horizonte, entre os dias 31 de outubro e 5 de novembro, o que representa o dobro de público em relação ao ano passado. Organizada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), o evento, que já é considerado um dos maiores de inovação da América Latina, será ainda maior que o da última Finit e vai oferecer diversas atrações simultâneas. Entre as mais importantes está a segunda edição mineira da Campus Party e a 100 Open Startups, que conecta startups a grandes empresas.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), Miguel Corrêa, destacou que o principal objetivo da Finit é divulgar o ambiente de inovação de Minas Gerais, de forma a tornar conhecidas as oportunidades oferecidas no Estado tanto para jovens empreendedores quanto para grandes empresas interessadas em inovar. “Queremos mostrar que Minas Gerais caminha a passos largos rumo a um novo modelo de desenvolvimento econômico”, frisou.

Correia reforçou que a Finit é uma vitrine importante para o que a Sedectes já vem fazendo ao longo dos últimos anos: foco em inovação. “Tudo começou com um diagnóstico realizado em 2015, que identificou as potencialidades da economia mineira. É claro que mineração e agricultura apareceram em primeiro lugar, mas na terceira posição estava a economia do conhecimento. E é nela que temos investido, pois entendemos que essa é uma área que traz resultados mais rápidos”, destacou. Durante os quatro anos dessa gestão, será investido R$ 1 bilhão em inovação.

O subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Minas Gerais, Leonardo Dias, também destacou a importância da Finit para atrair novos olhares para o cenário de inovação em Minas Gerais. Segundo ele, a expectativa é de que o evento atraia 100 mil pessoas nos seis dias de programação, o que é o dobro do público da primeira edição, realizada no ano passado. “Este ano vamos realizar a Finit em um feriado prolongado para facilitar e atrair quem mora fora da Capital. Em 2016, percebemos que 97% do público que veio à feira era de Belo Horizonte. Este ano queremos uma participação maior de pessoas do interior do Estado”, disse.

Carro-chefe - Entre os principais eventos que acontecerão dentro da Finit está a Campus Party, que realizará sua segunda edição na capital mineira. O evento, que é chamado pelos seus organizadores de uma “experiência tecnológica”, também está maior este ano: a expectativa é atrair 4 mil “campuseiros” em 1.200 barracas, o que é o triplo do ano passado. O evento vai contar com mais de 250 palestrantes, entre eles o criador da marca Chilli Beans, Caito Maia, e o “pai do videogame”, o criador do Atari, Nolan Bushnell.

Outro evento de grande relevância na feira é o 100 Open Startups, que tem o objetivo de conectar startups a grandes empresas. As reuniões de networking vão acontecer dentro do espaço “Arena de Negócios” e vão incluir 100 startups mineiras, 100 startups de outros estados e 100 grandes empresas. Entre os cases de sucesso desse espaço no ano passado está o da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), que contratou o serviço de sete startups identificadas no 100 Open Startups. Esse espaço também contará com 10 palcos e 78 palestras diárias.

Uma novidade da Finit este ano é a realização da 16ª Conferência de Inovação da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), que acontecerá entre os dias 31 de outubro e 1º de novembro. Dias destaca a importância de Belo Horizonte receber um evento como esse. “A Anpei reúne as maiores empresas que desenvolvem projetos de PeD no Brasil. Isso quer dizer que teremos os diretores dessas empresas aqui na nossa feira, conhecendo o nosso ambiente. Se algum deles ainda não considerava Belo Horizonte na hora de pensar a expansão dos negócios, essa mentalidade vai começar a mudar quando eles virem o que está acontecendo aqui”, garantiu.

Dias também destaca outra novidade da segunda edição da Finit, que é a “Arena Criativa”. De acordo com ele, enquanto as demais arenas da feira são para adquirir conhecimento e fazer networking, essa será para “colocar a mão na massa”. Nela acontecerá a Mini Maker Faire Belo Horizonte, que oferecerá oficinas como robótica, eletrônica básica, Lego. Nesse espaço também será montado uma espécie de laboratório aberto para que os participantes experimentem suas ideias.

A Finit ainda inclui em sua programação a 14ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT); a Tecnofeira Cotemig 2017; o II Seminário Mineiro de Pesquisa e Inovação em Turismo (II Sempit); o Fórum Aeroespacial 2017, o She’s Tech, que visa fortalecer a presença feminina no ambiente de tecnologia e inovação; o Boost Acelerator, que vai reunir aceleradoras de todo o País e o Inforuso 2017, evento de tecnologia promovido pela Associação de Usuários de Informática e Telecomunicações (Sucesu Minas). Os interessados podem se inscrever para as programações pelo site da Finit (www.finitmg.com.br). Exceto a Campus Party e o Congresso da Anpei, todas as atrações são gratuitas.

DIÁLOGOS DC NA FINIT 2016



Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

12/12/2017
Minas representa 10,8% do comércio eletrônico nacional
Faturamento do setor no País deve superar os R$ 50 bi em 2017
12/12/2017
Estudo aponta consolidação de circuitos em Minas
Setor segue em crescimento
12/12/2017
Tracksale firma base na Argentina com dois grandes clientes em carteira
O mercado de inovação na Argentina acaba de receber mais um concorrente que vem direto das terras mineiras. Com cinco anos de operação, a Tracksale, que oferece o...
12/12/2017
Segmento de comércio eletrônico é promissor, aponta Fecomércio
O segmento de comércio eletrônico registrou crescimento nominal de 7,4% em 2016, de acordo com levantamento da Ebit, enquanto as vendas físicas recuaram 8,7%, conforme dados do...
12/12/2017
Demoday Trends reúne 84 startups
Uma tarde de inovação e oportunidades de negócios para novos empreendedores e investidores reuniu 84 startups entre as mais promissoras de Belo Horizonte e um público...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.