Publicidade

FEDERAMINAS - Negócios em Foco

22/12/2016

Seminário debate mudanças na legislação tributária para 2017

Assessoria de Comunicação Federaminas
Email
A-   A+
Alterações em relação às micro e pequenas empresas, mudanças nas regras da partilha do ICMS, vantagens e desvantagens do Simples Nacional, lucro real ou lucro presumido, recolhimento do ISSQN e globalização fiscal foram algumas das questões debatidas no Seminário Planejando 2017 – Aspectos Fiscais, que o Conselho Estadual de Assuntos Tributários da Federaminas realizou em 15 de dezembro. O evento examinou as alterações na legislação tributário-fiscal para o próximo ano visando subsidiar o planejamento tributário das empresas.

O seminário teve a participação de empresários e especialistas em Direito Tributário e marcou o encerramento dos trabalhos do conselho neste ano. Novos seminários estão previstos para 2017, de acordo com a proposta do órgão de manter os empresários filiados às associações comerciais informados sobre aspectos da legislação fiscal importantes para a bem-sucedida gestão dos negócios.

O Seminário Planejando 2017 – Aspectos Fiscais foi promovido pela Federaminas no auditório da Fecomércio-MG, em parceria com essa entidade. Atuaram como palestrantes os advogados Marcelo Jabour Rios, presidente do conselho, Valter de Souza Lobato, Alexandre Antônio Alkmim Teixeira, Marcelo Nogueira de Morais, João Paulo Fanuchi, Marcelo Braga Rios, Frederico Breyner, Alessandra Brandão Teixeira, Rogério Marques Noé e Bernardo Motta Moreira.

Os temas focalizados em palestras e debates no evento foram ISSQN – o município competente para exigir o tributo; a mudança da partilha do ICMS nas vendas interestaduais para destinatários não contribuintes do imposto; enquadramento no Simples Nacional, lucro real ou lucro presumido; globalização fiscal: a troca de informações pelos fiscos, nos planos interno e internacional; as novidades para as microempresas e para as empresas de pequeno porte.

A propósito da iniciativa do Conselho Estadual de Assuntos Tributários, o presidente da Federaminas, Emílio Parolini, ressaltou a relevância da análise dos aspectos fiscais da legislação tributária para o próximo ano, especialmente as novidades em relação às micro e pequenas empresas, de forma a embasar orientação ao empresariado para o correto cumprimento de suas obrigações nessa área.

Conforme disse o líder classista, ao lado de se manter vigilante quanto a mudanças nas leis tributárias eventualmente prejudiciais às empresas, a Federaminas tem como vertente de trabalho a capacitação dos empresários visando a boa gestão de seus negócios, o que, obviamente, inclui a questão fiscal. Para ele, o Seminário Planejando 2017 – Aspectos Fiscais enquadrou-se nessa diretriz.

Os textos publicados nesta editoria são de responsabilidade da Federaminas. O Diário do Comércio não se responsabiliza e nem poderá ser responsabilizado pelas informações e conceitos emitidos e seu uso correto.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/01/2017
Câmara quer fortalecer a mulher no associativismo
Alavancar a participação feminina no movimento associativista empresarial é o objetivo principal do plano de ações da Câmara Estadual da Mulher...
20/01/2017
ACE de Lagoa da Prata anuncia ações para fortalecer empresas
Serviços como Programa Empreender, medicina do trabalho, central de compras e outras ações relevantes para o empresariado estão entre as prioridades da...
20/01/2017
Campanha da ACE de Resplendor incentiva compras
Com a campanha “Compre no comércio local”, que objetiva dinamizar o movimento de vendas no setor, a Associação Comercial e Empresarial de Resplendor atua como...
20/01/2017
Pace em Uberaba negocia mais de R$ 7,8 mi em conciliações
De janeiro a dezembro de 2016, o Posto Avançado de Conciliação Extraprocessual (Pace) da Associação Comercial e Industrial de Uberaba (Aciu) negociou cerca de R$...
06/01/2017
Parolini inicia 2º mandato na presidência da Federaminas
Liderada pelo empresário Emílio Parolini, reeleito presidente, a diretoria da Federaminas iniciou em 2 de janeiro a gestão 2017/2019 tendo como meta principal fortalecer ainda...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.