22/07/2018
Login
Entrar




FEDERAMINAS - Negócios em Foco

03/07/2018

Serasa aponta recorde de inadimplência em maio

Assessoria de Comunicação da Federaminas
Email
A-   A+
De acordo com estudo elaborado pela área econômica da Serasa Experian, em maio deste ano, o número de consumidores inadimplentes no País era de 61,4 milhões, o maior desde o início da série, em 2016. Comparado com o contingente registrado no mesmo mês de 2017 (61,0 milhões), o índice teve aumento de 0,7%.

A informação é do Setor de Negócios da Federaminas, que atua em parceria com a Serasa em Minas Gerais. O levantamento mostra que o montante das dívidas dos consumidores no quinto mês de 2017 alcançou R$ 273,7 bilhões, com média de quatro débitos por CPF, totalizando R$ 4.458 por pessoa. Esse volume foi um pouco menor que em maio do ano passado (274,6 bilhões), mas superior ao registrado no mesmo mês há dois anos (R$ 265,0).

Conforme observam os economistas da Serasa Experian, o enfraquecimento do ritmo de crescimento econômico concorre para manter em patamares elevados as taxas de desemprego no País e, por consequência, os níveis recordes de inadimplência do consumidor.

Por segmentos – A despeito de as dívidas atrasadas com bancos e cartões de crédito terem a maior representatividade no índice, na comparação entre os anos a participação desse segmento caiu 1,5 ponto percentual, enquanto a das áreas de utilities, telefonia, serviços e financeira aumentou. Assim, confrontados maio 2018/maio 2017, os percentuais de bancos e cartões (28,50% - 30%) variaram -1,5 p.p.; os de utilities (19,30% - 17,90%) 1,4 p.p.; os de telefonia (11,50% - 11,10%) 0,4 p.p.; os de varejo (12,70% - 13,70%) -1 p.p.; os de serviços (10,70% - 10,10%) 0,6 p.p.; os de financeira/leasing (10% - 9%) 1; e outros (7,30% - 8,30%) – 1.

No gênero masculino encontra-se a maior concentração dos negativados (50,8%), e a maioria dos consumidores com débitos vencidos tem entre 41 e 50 anos (19,7% do total). Em segundo lugar no ranking de participação entre os inadimplentes estão as pessoas com mais de 61 anos, abrangendo 14,2% do total.

Segundo o estudo dos economistas da Serasa Experian, a inadimplência está concentrada principalmente na região Sudeste (45,2%), seguindo-se as pessoas com dívidas atrasadas no Nordeste (25,2%), Sul (12,7%), Norte (8,9%) e Centro-Oeste (8,1%).

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/07/2018
Entidades querem que sejam feitas mudanças no contencioso tributário do Estado de Minas Gerais
Documento com diversas propostas objetivando modificar o Processo Tributário Administrativo do Estado (PTA), que dispõe sobre normas para julgamento de recursos contra...
03/07/2018
Consultores de ACEs recebem capacitação do Empreender
A importância da participação de cada município na construção do desenvolvimento econômico do Estado foi ressaltada pelo presidente da Federaminas,...
03/07/2018
Federaminas abre inscrições para curso de arbitragem
Em parceria com a Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial (Cbmae) - órgão da Confederação das Associações Comerciais e...
16/06/2018
Micro e Pequenas Empresas esperam aumento das vendas com a Copa do Mundo
Em média, 47% das microempresas de variados segmentos acreditam em aumento das vendas ou da prestação de serviços em decorrência da Copa do Mundo Fifa, que se...
16/06/2018
Consultores de ACEs recebem capacitação do Empreender
Aconteceu na sede da Federaminas, nos dias 13 a 15, capacitação de consultores e executivos de associações comerciais que contam com o Empreender, programa que a...
› últimas notícias
Exportações de soja devem ser recorde no próximo ano
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Minas mantém sequência de superávit
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.