Publicidade

Negócios

07/12/2013

Site do DIÁRIO DO COMÉRCIO já dobrou acessos

Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Layout traz novidades como um local reservado para artigos e sessão "mais lidas"/Divulgação
O novo site do DIÁRIO DO COMÉRCIO une tradição e inovação em um único endereço e conquista cada vez mais acessos. Desde que foi lançado, no dia 5 de novembro, o número de visitantes únicos dobrou, assim como aumentou o número de seguidores nas redes sociais e a quantidade de interações. Com um layout muito mais claro, a navegação facilitada e a possibilidade de maior conectividade, a expectativa é de que, em seis meses, os acessos cresçam pelo menos mais quatro vezes.

Além de mais claro, o novo layout traz novidades como um local reservado para artigos, sessão "mais lidas", mais espaço para anúncios e uma nova opção para matérias especiais no menu. O site também permite maior conectividade por meio de comentários e compartilhamento por redes sociais. Ele pode ser reposicionado para outras plataformas e lido em tablets pelo aplicativo "O Jornaleiro".

As matérias do segundo caderno sobre novos negócios, franquia, empreendedorismo, tecnologia e inovação são as que chamam mais a atenção dos leitores, sendo as mais acessadas. Temas regionais também são muito clicados, como as recentes matérias sobre a expansão do Colégio Batista Mineiro e a transformação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet) em universidade. Ambas tiveram recorde de compartilhamento no Facebook.

Leia também

Emissoras de rádio assinam na Capital termo aditivo de migração de AM para FM
Fiemg Lab decola em Belo Horizonte
Arrumar a casa antes de convidar as visitas: as lições de marketing online da Printi
Quase 18% dos foliões no Carnaval da capital mineira eram turistas
Portugal estreita laços comerciais com Minas

Novidade - O jornal também está presente nas principais mídias sociais: Facebook, Twitter, Google Mais e Linkedin. O número de seguidores nessas redes também crescem em um ritmo muito maior desde o lançamento do site. Para o diretor de estratégia e desenvolvimento digital da Aceleradora De, responsável pelo desenvolvimento do site, Ronnan del Rey, essa inserção no mundo digital é natural e necessária. "Mídias digitais são uma realidade e não promessas, como no passado. O DIÁRIO DO COMÉRCIO deu um passo inicial muito importante e, agora, vai avançar em gestão de conteúdo, aperfeiçoando ainda mais sua forma de divulgar nessa plataforma", diz. Ele afirma que a expectativa para crescimento do novo site é muito positiva. "No futuro, vamos indicar conteúdo para os leitores. Será possível identificar o assunto de interesse do leitor e, assim que ele entrar no site, poderemos sugerir matérias", adianta.

O diretor-presidente do DIÁRIO DO COMÉRCIO, Luiz Carlos Motta Costa, afirma que a visão do jornal sempre foi pautada na produção e entrega do conteúdo da forma mais eficiente possível. Dessa forma, facilitar o acesso e a leitura por meio da internet era um caminho natural. "O DIÁRIO DO COMÉRCIO se define, há 20 anos, como um produtor de conteúdo sobre economia, gestão e negócios que é entregue nas plataformas disponíveis, mas também que se prepara para as outras que ainda virão. O meio digital é fantástico para se divulgar conteúdos e o site é uma forma de se aproveitar isso", afirma.

Ele lembra que a plataforma digital vem para suprir a demanda de cidades que não são atingidas pelo jornal impresso. "Minas Gerais tem alguns polos onde a logística de entrega de jornal impresso é dificultada, então a edição eletrônica torna esse processo mais fácil e eficiente. Assim também contribuímos para a integração do Estado, pois aproximamos esses polos que às vezes ficam isolados da Grande BH", destaca. Ele lembra a inserção no mundo digital é uma preocupação cada vez mais presente no jornal. "Temos um slogan que é ÀOnde você estiver, quando você precisar". E o site é isso: dar comodidade e praticidade para quem está em movimento", frisa.

O diretor-executivo do DIÁRIO DO COMÉRCIO, Yvan Muls, afirma que o site surge em um contexto de várias estratégias adotadas pelo jornal para a reflexão de seu papel enquanto veículo de conteúdo econômico. "Nas edições de 80 e 81 anos trouxemos essa reflexão sobre Minas Gerais em 2032 e temos levado isso para o dia a dia, criando referências em temas relevantes para a economia com o DC Franquia, DC RH, DC Tecnologia, DC Mais e a Revista DC Análise", afirma. Ele ainda cita o Prêmio José Costa, que tratou do desafio da inovação. Para Muls, todas essas iniciativas visam tornar o jornal cada vez mais atual, sem perder sua tradição e experiência. "O site vem com a proposta de tornar essa dinâmica ainda mais efetiva, atual e moderna", finaliza.


Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

25/03/2017
Emissoras de rádio assinam na Capital termo aditivo de migração de AM para FM
Minas Gerais possui o maior número de empresas que vão realizar essa mudança no Brasil
24/03/2017
Fiemg Lab decola em Belo Horizonte
Abertura oficial do programa focado na indústria celebrou as 100 principais inovações da Capital
24/03/2017
Arrumar a casa antes de convidar as visitas: as lições de marketing online da Printi
Você investiu em marketing digital, mas o retorno foi menor do que esperava? Esse foi o desafio enfrentado pelos empreendedores da Trocafone no final do ano passado. Confira o que eles...
24/03/2017
Quase 18% dos foliões no Carnaval da capital mineira eram turistas
Uma pesquisa feita pela Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur) e Secretaria de Turismo de Minas Gerais (Setur-MG) traçou o perfil dos foliões presentes no Carnaval...
24/03/2017
Portugal estreita laços comerciais com Minas
Proximidade faz com que as portas se abram dos dois lados do Atlântico, com acesso também ao Mercosul
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.