Publicidade
20/09/2017
Login
Entrar

DC Inovação

19/04/2017

Sucesu cria área para startups

Objetivo é ajudar empresas mineiras a usufruírem do ecossistema no Estado
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Não queremos reinventar a roda, mas unir o que já está acontecendo e aproximar isso dos empresários, diz Carrusca/Divulgação
Sede de uma das comunidades de startups de maior destaque no País, Belo Horizonte acaba de ganhar mais um importante reforço para o seu ecossistema de inovação. A Associação dos Usuários de Informática e Telecomunicações de Minas Gerais (Sucesu Minas) criou uma vice-presidência de Startups e Empreendedorismo com o objetivo de ajudar empresas mineiras a entenderem, desenvolverem e usufruírem do ecossistema de startups no Estado.

A iniciativa vem em resposta a um momento de grande efervescência no Estado em torno das startups. Além da reconhecida comunidade San Pedro Valley, em Belo Horizonte, que reúne mais de 100 startups, Minas Gerais se destaca nacionalmente com ações do governo do Estado e de instituições de educação e fomento à inovação em prol do desenvolvimento das startups. E foi diante desse cenário que a gestão da Sucesu Minas percebeu a necessidade de construir caminhos para que as empresas de tecnologia do Estado usufruíssem melhor desse movimento.

“Sabemos que há uma série de ações para fomentar a criação de startups no Estado, mas percebemos uma dificuldade das empresas em fomentar o nascimento dessas startups dentro de suas próprias organizações. Essa vice-presidência (VP) surge para aproximar ainda mais as empresas de tecnologia do ecossistema de startups que já existe em Minas Gerais”, afirma Mauro Carrusca, que é o responsável pela VP. Além dele, outros cinco diretores se dedicarão a essa frente de trabalho.

Entre as ações já desenhadas pelos diretores e o vice-presidente está a criação de uma vitrine de negócios colaborativa. De acordo com Carrusca, será um marketplace em que empresas poderão apresentar suas demandas, seja de inovação do processo produtivo, do produto final, da gestão ou de qualquer outra área de atuação. No mesmo ambiente as startups poderão apresentar seus projetos como solução dessas demandas. Inicialmente as empresas serão convidadas a participar da vitrine, sendo necessário que sejam associadas à Sucesu.

Outra meta dessa vice-presidência é a realização de missões empresariais. A ideia é levar os empresários a companhias nacionais e internacionais que já desenvolveram projetos para a criação de startups dentro de sua operação, como é o caso das marcas Natura e Porto Seguro. As missões também deverão acontecer em ecossistemas de inovação mais desenvolvidos, como o Vale do Silício, nos Estados Unidos, o Vale da Eletrônica, no Sul de Minas Gerais e o próprio San Pedro Valley, em Belo Horizonte.

O vice-presidente também adianta que serão realizados eventos como cafés e jantares com a presença dos diversos players do mercado para promover o networking entre empresas e startups. “Vamos contar com a parceria de universidades, coworkings e instituições de fomento que já têm um trabalho importante com startups no Estado. Não queremos reinventar a roda, mas unir o que já está acontecendo e aproximar isso dos empresários”, afirma.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/09/2017
Governo de Minas lança programa +Oportunidades
Iniciativa promove crescimento econômico e social por meio da inovação
16/09/2017
SafeTest Diagnósticos participa da Startup Games
Com o objetivo de proporcionar encontros que geram negócios, Belo Horizonte sedia neste final de semana, de 15 a 17 de setembro, na Praça da Liberdade, a Startup Games, a maior...
15/09/2017
Esportes ganham forte aliado tecnológico
A plataforma belo-horizontina Rakete, por exemplo, ajuda na organização de torneios de ponta a ponta
15/09/2017
Raja Valley vai apoiar 24 startups em Minas Gerais
Os empreendedores de startups em Belo Horizonte vão ganhar mais uma oportunidade para fomentar seus negócios: o Raja Ventures Launch, programa de pré-aceleração...
15/09/2017
Méliuz já devolveu mais de R$ 40 milhões
Empresa, que acaba de fazer 6 anos, registrou mais de R$1,5 bilhão em vendas para seus 2 mil parceiros
› últimas notícias
Usiminas reajustará preços em 10,2%
Setor de mineração deve mudar o foco dos investimentos
Iace tem alta de 0,7% em agosto, aponta a FGV
MP para repactuação de concessões é publicada
BR Food cogita reduzir produção em fábricas de Uberlândia
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Minas se distancia da recessão
Fapemig aguarda até 16 de outubro os projetos de pesquisa para o Queijo Minas Artesanal
Usiminas reajustará preços em 10,2%
Setor de mineração deve mudar o foco dos investimentos
Reino Unido estreita, ainda mais, parceria com Fiemg Lab
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


20 de September de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.