Publicidade

DC Inovação

16/12/2016

Target prepara novo modelo de locação

Plataforma inicialmente estará disponível para o sistema iOS; meta para 2017 é crescer 500%
EDUARDO MELGAÇO
Email
A-   A+
Automóveis para locação estarão disponíveis, a princípio, em cinco postos de combustíveis da região Centro-Sul/Divulgação
Será lançada, ainda neste mês, em Belo Horizonte, a startup da Target Rent a Car (www.targetshare.com.br). A novidade, que difere o sistema de outras empresas da mesma área de atuação, é que os automóveis para locação estarão disponíveis, a princípio, em cinco postos de combustíveis da região Centro-Sul da Capital. A data de lançamento do aplicativo ainda não foi divulgada, mas, de acordo com Lucas Pitta, diretor da empresa que tem quatro anos de mercado, os planos para 2017 são ambiciosos: crescer 500%.

Ele diz que o serviço é totalmente mineiro, desde a concepção da ideia até a criação do sistema. O motivo de lançar a plataforma em Belo Horizonte, antes de expandir os negócios para outros estados brasileiros, se dá pelo fato de a Target já contar com estrutura consolidada na Capital. Sede estruturada, com banco de dados e tecnologia de ponta, oito colaboradores treinados para prestação do serviço e parceiros que apoiam o projeto. “Temos aquele estigma de que desenvolver um negócio em Belo Horizonte é muito difícil. Então, tudo que dá certo na cidade, será sucesso em todo o Brasil”, aposta o executivo.

O investimento para o lançamento da startup não foi divulgado, mas Pitta afirma que o valor não foi o principal entrave. “Quando temos um bom projeto em mãos, conseguimos angariar apoios. Eu mesmo tive a ideia de criar o aplicativo seguindo uma tendência mundial de compartilhamento de bens móveis e imóveis”, explica.

No primeiro momento, a plataforma estará disponível somente para o sistema iOS. Após o início dos trabalhos e avaliação do andamento do negócio, o aplicativo será lançado para smartphones com a plataforma android. “Pelo fato de ser uma grande novidade e não se pagar nenhuma taxa ou mensalidade, acredito que teremos muitos downloads e pedidos de cadastro. Mas, por enquanto, não irei quantificar”, diz.

De acordo com o diretor, a economia colaborativa é uma tendência mundial que ainda está começando no Brasil. Pitta avalia que a população brasileira ainda é muito focada no “meu”, enquanto outras sociedades já pensam no “nosso”. Para ele, o modelo tem se mostrado eficiente através da grande onda de criação de startups no Brasil. “A maioria delas compartilha estruturas físicas de trabalho, colaboradores e até ideias. O que antigamente era guardado a ‘sete chaves’, hoje está aí a todos. Por isso creio que a economia colaborativa vai muito além de compartilhar um carro, apartamento ou bicicleta. É uma nova forma de interação da sociedade e, assim, todos ganham.”

Leia também
Parpe acaba com ociosidade de veículos


O público-alvo do aplicativo da Target Share são pessoas físicas com idade a partir de 21 anos que estejam devidamente habilitadas para condução de veículos e que decidiram abrir mão do carro próprio por entenderem que perdem muito dinheiro com manutenção.
Pitta revela que dentro do planejamento da locadora, em primeiro lugar, está a consolidação do modelo de negócio de forma crescente, contínua, rápida e segura.

O objetivo é atender a demanda da sharing economy, de fácil contratação, na Capital. Mas como o serviço é inovador na principal cidade de Minas Gerais, o executivo não tem dúvidas de que a expansão dos negócios será rápida. “Como dissemos, começaremos em postos da região Centro-Sul. Contudo, tenho muita convicção de que não demorará muito para abrirmos o ‘leque’ de atuação em Belo Horizonte, Minas Gerais e Brasil. Mas estamos com os ‘pés no chão’. Desejamos crescer com confiança e sustentabilidade para que a empresa não perca a ‘alma’ que trazemos em nossa missão e valores”, almeja.

Pitta comenta que, apesar de a Target Rent a Car ser uma pequena empresa, supera todos os paradigmas de que só quem é grande consegue inovar. Ele tem a certeza de que, a partir do lançamento do aplicativo, outras empresas do segmento de locação de veículos irão entrar neste novo mercado. “E isso será muito bom para a Target e para a sociedade em geral, porque a concorrência força constantes investimentos em tecnologia e produtos. Neste início de operações, esperamos muito mais um retorno de satisfação dos nossos clientes e aceitação do mercado do que o retorno financeiro em curto prazo”, finaliza.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

13/01/2017
Gama Academy vai abrir unidade em BH
Escola de formação de profissionais funcionará no prédio do Seed e pretende formar até 500 alunos neste ano
13/01/2017
Startups se aproximam da bolsa de valores
Alvo principalmente de investidores-anjos e aceleradoras que estão dispostos a investir capital de risco, as startups brasileiras ganham, a partir deste ano, novas perspectivas de aporte com...
13/01/2017
Rede social voltada para o street food estima atrair 10 mil usuários neste ano
Cada vez mais presentes na realidade das cidades, os restaurantes sobre rodas e restaurantes itinerantes acabam de ganhar uma rede social só para o segmento. Criada pelo empreendedor...
06/01/2017
"Uber das mercadorias" chega em BH
B2Log prentede inaugurar neste mês sua primeira filial na capital mineira
06/01/2017
Incubadora da UFV abre inscrições
A Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (IEBT) do Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa (Centev), vinculado à Universidade Federal de...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.