Publicidade
21/10/2017
Login
Entrar

Negócios

16/05/2017

Tauá inaugura hotel econômico em julho

Em fase final de construção em Atibaia, interior de SP, empreendimento recebeu aporte de R$ 14 mi
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Alegro terá 110 apartamentos com diárias até 80% mais baratas que as dos resorts do grupo/Divulgação
Conhecida no Estado e em São Paulo por seus resorts com ampla infraestrutura, a rede mineira de hotéis Tauá inova em seu modelo de negócio e lança seu primeiro hotel de categoria econômica, o Alegro Hotel By Tauá. Em fase final de construção em Atibaia, no interior de São Paulo, o empreendimento, que recebeu aporte de R$ 14 milhões, terá 110 apartamentos com diárias que chegam a ser 80% mais baratas que as dos resorts do grupo. Com data de inauguração marcada para julho, o novo hotel deve incrementar em 3% a receita total do Tauá.

A diretora Operacional e de Recursos Humanos da Rede Tauá, Viviane Magalhães, explica que o Alegro Hotel By Tauá se diferencia dos demais já existentes na rede por ser direcionado aos clientes que estão de passagem pela cidade e têm um objetivo em Atibaia que vai além do lazer. Dessa forma, não se trata de um hotel para aproveitar a infraestrutura, como os resorts, mas para oferecer uma estadia de qualidade e mais em conta para quem precisa ficar na cidade.

Como está localizado no condomínio empresarial Brazilian Business Park, o público mais esperado no hotel é de executivos. “O hotel fica no meio de um centro administrativo, com muitas empresas e indústrias, então acreditamos que vamos receber muitos empresários e executivos que estejam na cidade a negócios”, afirma. De acordo com ela, as diárias no Alegro chegam a ser 80% mais baratas que as dos resorts da rede. “Nos resorts oferecemos pensão completa, enquanto que nesse novo hotel a diária inclui apenas o café da manhã. Além disso, a infraestrutura do Alegro é bem menor se comparada aos demais, justamente por causa do seu objetivo”, explica.

Mesmo com uma infraestrutura mais enxuta, o empreendimento contará com opções bem completas para os hóspedes. Ao todo, são 110 apartamentos equipados com ar-condicionado, TVs com canais a cabo, wi-fi e frigobar. Além disso, o prédio oferece churrasqueira, sauna, espaço fitness, espaço gourmet, salão de eventos para até 100 pessoas e, a partir do segundo semestre, terá piscina. “Também vamos oferecer toda a infraestrutura de alimentação e bebida, o que não é comum em hotéis de categoria econômica. Inclusive, nosso restaurante será aberto ao público externo”, completa.

De acordo com Viviane Magalhães, o novo empreendimento também servirá de apoio ao resort Tauá Hotel Atibaia, instalado na cidade. Segundo ela, o empreendimento recebe muitas demandas de realização de eventos e nem sempre consegue acomodar todos os hóspedes. “Em alguns momentos a demanda é tão alta que não conseguimos atender no resort e acabamos perdendo clientes para outros hotéis. O Alegro vai ajudar a atender essa demanda”, afirma.

A diretora afirma que a expectativa é que o Alegro alcance taxa de 50% de ocupação no primeiro ano e de 60% no segundo, gerando incremento de 3% na receita total da rede. Ao todo, o empreendimento teve investimento de R$ 14 milhões, aporte que deve retornar para a rede em cerca de seis anos e meio. De acordo com Viviane Magalhães, a meta da rede é crescer 15% em 2017 em relação a 2016. Ao todo, o Tauá investirá, este ano, R$ 25 milhões em obras de expansão, retrofit e novos empreendimentos.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/10/2017
Empresários apostam em lojas temporárias
Casa Maia prevê vendas 30% maiores
21/10/2017
Alteração de cobrança do ISSQN gera polêmica
Para o prefeito, adequação traz benefícios para o município, como o ?aspecto espacial do imposto?
21/10/2017
Contagem sedia Semana da Economia Criativa
No Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil, organizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Minas Gerais aparece em sétimo lugar...
21/10/2017
Congresso vai reunir mais de mil profissionais em BH
Minas Gerais possui 6.300 empresas do ramo
21/10/2017
Modelo não dispensa exigências legais
Ao contrário do que se imagina, as lojas temporárias não dispensam as exigências legais, segundo o especialista em legislação empresarial e analista do...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.