Publicidade
22 de June de 2017
Login
Entrar

DMEP - Cegueira das Organizações

18/04/2017

Tecnologia - Sua empresa está preparada para lidar com o futuro?

Rinaldo de Castro Oliveira*
Email
A-   A+
As transformações tecnológicas estão aceleradas e é cada dia mais difícil prever como elas se darão no futuro próximo e como afetarão as nossas vidas, o nosso trabalho, as empresas e negócios. É de fato uma revolução percebida por alguns e compreendida por muito poucos. Diante desse cenário, estar atento aos movimentos da tecnologia é cada vez mais vital para a perpetuidade das organizações, pois os impactos causados por elas podem se caracterizar como uma grande oportunidade para as empresas, ou o começo do fim para aquelas despreparadas.

Vários são os exemplos que ilustram essas mudanças. As diferentes formas como nos comunicamos atualmente e as que estão por vir, as transformações tecnológicas que impactam os novos hábitos de consumo muito mais pautados na experiência do que na posse, as próprias transformações que observamos nos meios de produção de bens e serviços, em que o uso cada vez maior da inteligência artificial e da internet das coisas promete causar verdadeiras disrupções na nossa forma de viver e na sociedade como um todo. Mesmo as cadeias produtivas mais tradicionais não estão imunes a essas transformações. Como exemplo, na indústria de alimentos existem estudos que apontam para o caminho da fabricação de produtos de maneira cada vez mais intensiva, com desenvolvimento de alimentos sintéticos em larga escala a partir dos avanços da biotecnologia. Outro mercado tradicional que atualmente vem sofrendo enormes mudanças é o financeiro, onde muitas soluções digitais vêm sendo desenvolvidas com grandes volumes de recursos aplicados em startups, as chamadas fintechs.

Mas diante de um ambiente de fortes mudanças e baixa previsibilidade, como as empresas podem se preparar para lidar com esse desafio? Não existe receita pronta, mas desenvolver um bom sistema de informação que permita a organização mapear em tempo as tendências de futuro é sem dúvida um primeiro caminho. As empresas precisam compreender de maneira sistematizada as grandes transformações globais que afetam o todo, mas especificamente os fatores tecnológicos que impactam sobretudo o seu negócio. É importante também reconhecer os movimentos entre as cadeias de valor, pois é cada vez mais comum observarmos em função do avanço tecnológico, que as grandes companhias de tecnologia, e mesmo as empresas nascentes, estão buscando expandir seus negócios em setores tradicionais. Quem diria que o Google ou a Amazon venderiam seguros de carro um dia? E por falar em carro, precisaremos ter um no futuro? Estar ciente desses movimentos é a diferença entre se preparar para as novas oportunidades ou ser pego de surpresa por uma nova ameaça.

A gestão da informação é a ferramenta que temos para calibrar a nossa lente para o futuro. É cega a organização que ainda não entendeu a importância de se manter bem informada, alinhada às tendências tecnológicas, e em condição de responder adequadamente para lidar com as transformações e seus impactos através da adoção de estratégias e iniciativas acertadas, bem como por meio do desenvolvimento de novas competências. Investir hoje em informação é fator chave para assegurar melhores condições de competir amanhã.

*Sócio-diretor da DMEP

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/06/2017
Empreendimentos inovadores, impactantes e exitosos: a criação de uma "não startup" de sucesso
O que explica a trajetória bem-sucedida de empreendimentos especiais em detrimento a percursos menos auspiciosos de demais competidores? Essa foi a pergunta lançada quando inauguramos...
13/06/2017
Como vender a minha empresa? Parte 1
Vender parte ou a totalidade de uma empresa pode ser uma oportunidade para realizar o investimento. Também é uma alternativa para captar recursos para investir e crescer ou mesmo uma...
07/06/2017
A análise de dados auxiliando no mapeamento da jornada do cliente
Existem diversas oportunidades para melhorar os resultados das organizações a partir de conceitos de Data and Analytics. Uma das oportunidades, que vem ganhando mais espaço...
30/05/2017
A ampliação do conceito de parceria público-privada para um estado gerador de valor (Parte III) - Desenvolvendo e implementando iniciativas geradoras de valor
Nas duas primeiras seções desta série abordamos a importância da parceria público-privada (PPP) como importante mecanismo para um estado gerador de valor e a...
23/05/2017
Preparar para conduzir as estratégias nas empresas
As organizações empresariais de maneira geral têm reconhecido a importância de se planejarem estrategicamente, visando alcançar no futuro melhores...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.