17/07/2018
Login
Entrar




DC Turismo

24/03/2018

Timóteo tem resultados positivos após retomar convênio

Daniela Maciel
Email
A-   A+
Turismo ambiental e de observação de passáros são considerados grandes oportunidades para o município do Vale do Aço/Arquivo Municipal/Divulgação
Há um ano de volta ao Circuito Mata Atlântica, a cidade de Timóteo, no Vale do Aço, vem colhendo os frutos do fortalecimento da política pública para o turismo no município. Com quase 89 mil habitantes (segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE – para 2017), e conhecida como a “Capital do Inox”, a cidade não quer se notabilizar apenas pelo turismo de negócios.

De acordo com o coordenador de Estratégias de Desenvolvimento ao Turismo de Timóteo, Gentil Pires, durante muito tempo as políticas públicas para o turismo foram abandonadas na cidade ao ponto de Timóteo deixar o Circuito Mata Atlântica. “Assim que essa gestão assumiu, retomamos o convênio com o circuito. Acreditamos no turismo como caminho real para o desenvolvimento econômico e social. Apoiamos todas as ações que fortaleçam a nossa marca, mas somos mais que isso. Temos no turismo ambiental uma das nossas grandes oportunidades. Desenvolvemos o projeto ‘Vivência Rural e Turística do Macuco’. O Macuco é o bairro que dá acesso ao Parque do Rio Doce apenas por caminhada”, pontua Pires.

Outro destaque da cidade e que deve ser trabalhado com intensidade é o turismo de observação de pássaros, considerado um dos segmentos mais rentáveis do setor. Para que isso aconteça os prestadores de serviço precisam entender um pouco mais a dinâmica e necessidades específicas desse público.

A atividade, que parece prosaica, movimenta, só nos Estados Unidos, US$ 82 bilhões por ano, e congrega cerca de 47 milhões de adeptos. No Brasil – país considerado o segundo em maior diversidade de aves no mundo – não existem dados oficiais sobre a movimentação desse tipo de turista, porém as comunidades virtuais de observadores não param de crescer.

Já foram catalogadas em Minas Gerais cerca de 800 espécies, ou seja, 42% do total listado no Brasil. Para se ter uma ideia do potencial brasileiro e mineiro, em toda a Europa estão catalogadas 900 espécies.

“Temos outras propostas como o projeto de turismo rural que já está sendo desenvolvido no bairro Petrópolis. Junto a isso, o turismo de observação de aves pode se tornar um dos nossos maiores atrativos. Estamos em uma região perfeita para isso, mas precisamos de mais organização. Os observadores têm necessidades especiais para a prática. Por exemplo, precisam que hotéis e pousadas ofereçam café da manhã ainda de madrugada, pois costumam sair antes do amanhecer para as caminhadas. Também precisam que serviços como aluguel de carro e guias especializados estejam disponíveis nesse horário.

Isso tudo tem que ser bem planejado para estar pronto no momento certo. Os apaixonados pagam caro por essas comodidades, mas elas têm que existir e ter qualidade”, alerta o coordenador de Estratégias de Desenvolvimento ao Turismo de Timóteo.

Indo além, mas sem esquecer que é “Capital do Inox”, a cidade desenvolve ações que valorizam esse título, como a Expoinox e o Desafio Inox Bike, que este ano vai acontecer no dia 29 de abril, e vai servir como ranqueamento para o circuito nacional. A prova já foi homologada pela Federação Brasileira de Ciclismo (FBC). São esperados entre 1,2 mil e 1,5 mil atletas de todo País. Hotéis da cidade já registram reservas antecipadas desde dezembro.

“Não podemos olhar só para o nosso umbigo. Sabemos que o turismo é uma atividade regional e que o sucesso de um pode transbordar para os municípios vizinhos. No caso do Desafio Inox Bike, por exemplo, é provável que os nossos hotéis não comportem todos os visitantes, pois além dos atletas, vamos receber as equipes, a torcida, além das pessoas que vão visitar a cidade por outros motivos. Então as pessoas vão procurar hospedagem nas cidades próximas. Por isso é tão importante trabalhar em conjunto, pensando em todo o Circuito Mata Atlântica”, avalia o gestor.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

30/06/2018
Destinos históricos se preparam para os turistas
Cidades fora do Sul de Minas contam com programação especial no período para atrair visitantes
30/06/2018
Praça da Liberdade passa por reforma
Obras devem receber investimentos R$ 5,2 milhões e serão finalizadas em novembro
30/06/2018
Serro promove eventos nas férias de julho
O Serro, famoso nacionalmente pelo queijo que leva o nome da cidade, deve receber, só nos quatro dias da Festa de Nossa Senhora do Rosário, entre os dias 29 de junho e 2 de julho, 10...
30/06/2018
Regularização de meios de hospedagem tem alta
Minas Gerais registrou taxa de 49% de regularização nos meios de hospedagem ilegais. O número foi conquistado após a realização da...
16/06/2018
Cidade de São Paulo se reiventa como destino turístico e colhe os resultados
Toni Sando de Oliveira, presidente do Visite São Paulo e da União Nacional dos CVBs e Entidades de Destinos
› últimas notícias
Prado Shopping não deve ser inaugurado até 2020
MPF pede cassação de fase 3 do Minas-Rio
Arrecadação estadual registra redução de 13,4%
Produção de minério de ferro da Vale recua em Minas Gerais
Vale D'ouro investe R$ 15 mi para atender mercado externo
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.