19/06/2018
Login
Entrar




Minas 2032

30/05/2018

Transportadora investe em sustentabilidade

Patrus Transportes, sediada em Contagem, adota políticas sustentáveis desde a sua fundação em 1993
Daniela Maciel
Email
A-   A+
Patrus mantém projetos tanto para os cerca de 3 mil funcionários quanto para pessoas necessitadas/Divulgação
A sustentabilidade é baseada em três pilares: ambiental, social e econômico. Para uma empresa ser sustentável as ações de responsabilidade ambiental e social devem estar alinhadas com o negócio, ajudando a modifi car o ambiente empresarial e impactando positivamente todos os públicos daquela organização, sem que isso se torne um empecilho para o crescimento da empresa. Uma política sustentável bem conduzida, ao contrário, deve incrementar os negócios, abrindo novas oportunidades e promover a melhoria de processos evitando o desperdício de insumos, energia e trabalho. É certo que essa perspectiva é provocadora especialmente em setores mais tradicionais da economia.

Diante do desafi o, a Patrus Transportes Urgentes, sediada em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), dá seguimento e aprimora uma política que nasceu na sua fundação, em 1973, época em que o conceito de sustentabilidade sequer era sonhado. De acordo com a assistente social da Patrus Transportes, Olga Mendes, o fundador da empresa, Marum Patrus de Souza, sempre se preocupou em realizar ações sociais informais em prol de colaboradores e outras pessoas menos favorecidas.

Em 2000 a segunda geração assumiu o controle da empresa com o compromisso de prosseguir com a cultura de responsabilidade implantada pelo fundador. Já em 2004 foi criado o Coresp – Comissão de Responsabilidade Social, que mobilizava ações de voluntariado junto aos colaboradores da Patrus Transportes, através da realização de gincanas solidárias sem caráter competitivo, benefi ciando entidades do entorno das unidades.

E em 2008, através de um plano de negócios, nasceu a Associação Instituto Marum Patrus (Imap), que realiza ações de assistência social e de responsabilidade social corporativa: gestão do voluntariado corporativo; doações para pessoas em situação de vulnerabilidade social; promoção de cursos de aperfeiçoamento profi ssional e pessoal; suporte aos programas de cunho ambiental; parcerias com organizações formais de assistência social que desenvolvem projetos voltados para públicos em situação de vulnerabilidade social, bem como de cunho artístico, cultural, esportivo, educacional, de lazer; entre outros. “A entrada dos filhos deu um caráter mais profi ssional a uma prática que o pai já tinha muito antes do termo ‘responsabilidade’ surgir no mundo corporativo. O Imap concentrou essas ações. Isso aumentou nossa capacidade de disseminar conhecimento e fazer o monitoramento dos resultados. Hoje trabalhamos não sob a ótica do assistencialismo, mas, sim, da responsabilidade, informando e orientando as pessoas, sem impor participação. Queremos que quem participa e quem recebe sintam-se protagonistas da ação”, explica Olga Mendes.

Leia também:
Empresa cria departamento ambiental


Projetos - A Patrus tem 75 unidades em dez estados e quase 3 mil colaboradores. Alguns programas e projetos chamam a atenção como o “Transportando Solidariedade”, que faz transporte solidário de materiais para áreas que sofreram catástrofes, como Mariana (região Central), após a tragédia da Samarco, em 2015. Também o programa “Provar”, voltado ao estímulo e à prática do voluntariado. O programa é anual e mobiliza pessoas em ações voluntárias feitas simultaneamente em todas as regiões onde a Patrus Transportes atua. E o “Na mão certa”, que promove e defende os direitos da criança e do adolescente, com foco na questão da violência sexual. “Só o fato de uma empresa de transporte ter assistentes sociais em seu quadro já sinaliza algo de diferente. Buscamos dentro da nossa realidade o que pode ser feito para alcançar mudanças dentro e fora dos muros da Patrus, fazendo a adequação necessária, trabalhando a informação e a conscientização dos nossos públicos”, destaca a assistente social.

SISTEMA B

Sistema B é um movimento global que pretende redefi nir o conceito de sucesso nos negócios e identifi car empresas que utilizem seu poder de mercado para solucionar algum tema social e ambiental. Criada nos Estados Unidos, a iniciativa tem o objetivo de apoiar e certifi car as empresas que criam produtos e serviços voltados para resolver problemas socioambientais. Para conseguir uma mudança sistêmica na economia, onde se conheça e se valorize as Empresas B, é necessário gerar conexões críticas entre os principais atores, para a construção de Comunidades de Prática, que serão o motor da mudança para novas economias. As Comunidades de Prática são grupos de pessoas com uma paixão comum, que interagem regularmente para melhorar suas práticas e articulam condições favoráveis aos seus interesses, é um grupo com vida própria (organização, agenda e metas) e construirão uma visão conjunta da economia com fi nalidade social e ambiental que se quer compartilhar e os meios para alcançá-la. As empresas que formam o sistema B se distinguem por: Resolver problemas sociais e ambientais a partir dos produtos e serviços que vendem, e também com suas práticas laborais, socioambientais, as comunidades, os fornecedores e os públicos de interesse. Para demonstrar isso passam por um rigoroso processo de certifi cação que examina todos os aspectos da empresa. Devem atender aos padrões de desempenho mínimos, além de assumir forte compromisso com a transparência ao relatar publicamente seu impacto socioambiental. Também fazem as mudanças legais para proteger sua missão ou fi nalidade comercial e, portanto, combinar seu interesse público com o privado. Fonte: http://nossacausa.com/sistema-b-o-que-e-isso/

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

13/06/2018
MRV reduz emissão de gases do efeito estufa
Empresa mantém programa em seus escritórios, lojas e obras para diminuir o impacto ambiental da atividade
13/06/2018
Mineiros consideram a reciclagem importante
De acordo com pesquisa feita pelo Ibope Inteligência, a pedido da Cervejaria Ambev, o mineiro sabe da importância da reciclagem para o meio ambiente e acredita que seja uma...
13/06/2018
Ambev mantém iniciativas para mudar este cenário
A Cervejaria Ambev desenvolve uma série de iniciativas para contribuir com a mudança desse cenário, pois a sustentabilidade socioambiental é um pilar central de seu...
05/06/2018
RH tem papel primordial na difusão dos ODS
Cabe ao departamento difundir políticas de responsabilidade e afirmativas de acordo com a cultura empresarial
05/06/2018
Evento discutiu a diversidade na Capital
A edição 2018 do Fórum ABRH-MG, promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos – Minas Gerais (ABRH-MG), aconteceu ontem, no Ouro Minas Palace...
› últimas notícias
Preço do diesel recua R$ 0,41 em Minas
Mais de 40% das empresas usam planilhas ao contratar
Inadimplência recua na Capital
TCU vai apurar se cobrança por despacho de bagagem reduziu preços das passagens
Governo espera movimentar a economia com liberação de saques
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.