Publicidade
20/02/2018
Login
Entrar

Economia

20/10/2017

Três Corações Caffitaly inicia produção em Montes Claros

Inversões podem chegar a R$ 180 milhões
Mara Bianchetti
Email
A-   A+
Expectativa é que as fábricas de cápsulas de café da Três Corações e da Nescafé Dolce Gusto atrairam novos investidores/Divulgação
A fábrica da Três Corações Caffitaly em Montes Claros, no Norte de Minas, já deu início à produção de café em cápsulas. Com investimentos iniciais de R$ 47 milhões, a unidade tem capacidade de produção para 10 milhões de cápsulas por ano. Mas o objetivo do grupo é ir além e os aportes deverão chegar a R$ 180 milhões nos próximos anos.

As informações são do secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Edilson Carlos Torquato. Segundo ele, já no próximo exercício, a companhia irá dobrar a capacidade produtiva. “O grande objetivo da Três Corações com a unidade mineira é atender toda a demanda da América latina, não sendo mais necessária a importação a partir da Europa”, revelou.

Para isso, o grupo fará um ciclo de investimentos na cidade em quatro etapas. A primeira delas foi concluída com a implantação da unidade em Minas Gerais. A segunda ocorrerá no ano que vem e permitirá que a capacidade salte das 10 milhões de cápsulas produzidas anualmente para 20 milhões por ano. As demais fases, conforme o secretário, ocorrerão em períodos subsequentes. “Acredito que todo o ciclo deverá ocorrer em quatro ou cinco anos”, considerou.

Procurada pela reportagem, a Três Corações não respondeu aos questionamentos até o fechamento desta edição.

Para atrair o investimento, de acordo com Torquato, a Prefeitura de Montes Claros ofereceu alguns benefícios e incentivos à empresa. Entre eles a doação de um terreno de 60 mil metros quadrados onde foi instalada a unidade, bem como a isenção de alguns tributos como Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN). “Estas medidas, de alguma maneira, baratearam o custo de implantação da empresa”, disse.

Tamanho interesse da cidade, segundo o secretário, resultou da oportunidade de abrigar uma fábrica de grande porte, responsável pela produção de um item em alta no mercado, como é o caso do café em cápsulas.

“Por se tratar de um produto de maior valor agregado acabamos ganhando com a arrecadação. Além disso, há uma significativa geração de empregos. Somente nesta primeira fase foram 50 vagas, número que deverá dobrar no ano que vem”, argumentou.

Polos - O secretário lembrou que a instalação de fábricas como a da Três Corações no município ajuda na atração de outros investimentos. De acordo com ele, o nível de consulta de empresas, que já começa a se elevar depois de um longo período de baixa, em função da crise econômica nacional, acaba sendo influenciado pelas empresas já presentes na região.

“Os investidores apostam em polos industriais e regiões com vocação para determinados segmentos. No caso das cápsulas de café, por exemplo, Montes Claros já conta com duas fábricas: a da Três Corações e também a da Nescafé Dolce Gusto, inaugurada em 2015”, informou.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/02/2018
Mudanças legislativas geram divergências
PL 3.676/16, que trata sobre licenciamento ambiental e fiscalização, será discutido hoje, em audiência pública
20/02/2018
Geração de eólicas cresce 26,5% no País
São Paulo - A geração de energia eólica em operação comercial no Sistema Interligado Nacional (SIN) subiu 26,5% no ano passado em relação a...
20/02/2018
Tarifa sobre o aço nos EUA deve afetar o setor no Brasil
Mercado é considerado estratégico
20/02/2018
Petrobras passa a divulgar preços médios nas refinarias
Rio e São Paulo - A Petrobras passou a divulgar em seu site os preços médios de gasolina e diesel, sem tributos, comercializados em suas refinarias e terminais no Brasil, em...
20/02/2018
Electric Ink investe R$ 12 mi em Uberaba
Fabricante de equipamentos e tintas para micropigmentação concentrará suas operações em nova sede
› últimas notícias
Mudanças legislativas geram divergências
Geração de eólicas cresce 26,5% no País
Tarifa sobre o aço nos EUA deve afetar o setor no Brasil
Petrobras passa a divulgar preços médios nas refinarias
Electric Ink investe R$ 12 mi em Uberaba
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Sondagem revela retomada do otimismo na construção civil
Ibovespa mantém trajetória ascendente
Colégio Pitágoras Cidade Jardim vai oferecer ensino bilíngue para crianças
Sebrae pretende atender 69,6 mil MPEs
Tiradentes e Camanducaia no topo do turismo
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


20 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.