23/07/2018
Login
Entrar




Economia

09/01/2018

Uberaba movimenta US$ 1,2 bilhão com o comércio exterior

Resultado de 2017 representa incremento de 20%
Mara Bianchetti
Email
A-   A+
Porto-seco do município movimentou US$ 785 milhões no ano passado, segundo a Receita/André Santos/Prefeitura de Uberaba
O comércio exterior de Uberaba, no Triângulo Mineiro, tem ganhado destaque nos últimos exercícios. Embora o saldo da balança comercial do município tenha oscilado, a corrente comercial registrou, em 2017, o melhor resultado desde 2014. De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (Mdic), a soma das exportações e importações atingiu cerca de US$ 1,2 bilhão no ano passado. O montante é 20% superior ao de 2016, quando somou pouco mais de US$ 1 bilhão.

Na avaliação do secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Uberaba, José Renato Gomes, os números são extremamente positivos e já indicam recuperação após a crise. “Entre 2016 e 2017 registramos evolução de alguns milhões de dólares, o que já é um bom indicativo”, avaliou.

E para 2018, a expectativa, segundo ele, é que melhore ainda mais. “O objetivo é que a nossa performance chegue aos patamares de 2013 e 2014, quando alcançamos o patamar próximo a US$ 1,5 bilhão de movimentação”, completou.

Somente em termos de exportações, o município registrou o montante de US$ 227 milhões no decorrer do ano passado, montante 13,79% superior aos US$ 199 milhões de 2016. Já em relação às importações, foram cerca de US$ 987 milhões de 2017 e aproximadamente US$ 807 milhões um ano depois. Isso significa um avanço de 22,26% entre os exercícios.
Para o secretário, os números demonstram o potencial do Triângulo Mineiro no que tange a logística e desembaraço aduaneiro, uma vez que a corrente comercial da vizinha Uberlândia foi superior a US$ 500 milhões.

Informações da Receita Federal dão conta que somente o porto-seco de Uberaba movimentou no ano passado, cerca de US$ 785 milhões. De acordo com o diretor do porto-seco, André Barsan, dois principais fatores contribuíram para o bom resultado: agilidade no desembaraço e preço.

Segundo ele, tais características são possíveis graças à localização estratégica da estação aduaneira, que está próxima do principal porto brasileiro, em Santos (SP) e de dois dos principais aeroportos nacionais: Viracopos (Campinas) e Guarulhos. “Tudo que o cliente precisa em termos de competitividade, a gente tem”, destacou.

Em relação aos principais segmentos trabalhados no local, Barsan contou que na importação, os destaques ficaram por conta de itens de informática, materiais eletroeletrônicos, eletroportáteis e produtos ligados a agroindústria. Já na exportação, houve predominância do agronegócio, com o embarque de grãos como soja, milho e derivados e café. “O perfil é bastante diversificado”, comentou.

Leia também:
Balança tem superávit de US$ 513 milhões

Expansão -
Além disso, o diretor do porto-seco de Uberaba destacou a parceria na atuação com o Executivo municipal. Conforme ele, a prefeitura doou uma área de 47 mil metros quadrados para uma expansão da aduana e também intermediou a negociação com a Companhia de Armazéns e Silos do Estado de Minas Gerais (Casemg) para a disponibilização de uma área de 100 mil metros quadrados também para o local. “Estas expansões são sempre importantes e necessárias para o bom funcionamento do porto-seco”, disse o diretor.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/07/2018
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Estados de Minas e ES discordam do investimento da ferrovia fora da área de atuação
21/07/2018
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Em julho, índice que mede a confiança do setor no Estado voltou a recuar e fechou em 47,1 pontos
21/07/2018
Minas mantém sequência de superávit
Em junho, saldo foi positivo em 12.143 postos de trabalho, somando 91.506 no semestre e 45.995 em 12 meses
21/07/2018
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Brasília - O Brasil encerrou o mês de junho com o fechamento de 661 vagas de emprego com carteira assinada, de acordo com o saldo entre contratações e...
21/07/2018
Governo quer leilão da Eletrobras até agosto
Perspectiva de encerrar processo até o fim do próximo mês tentará evitar liquidação de distribuidoras
› últimas notícias
Exportações de soja devem ser recorde no próximo ano
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Minas mantém sequência de superávit
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.