Investimentos da companhia na modernização do complexo industrial em Minas Gerais serão realizados até 2021 - Crédito: Divulgação

A RHI Magnesita confirmou o investimento de R$ 257 milhões na ampliação e modernização de seu parque industrial localizado em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), que será realizado até o ano de 2021.

Durante a obra, 470 empregos deverão ser gerados. As expectativas são de que haja um incremento de 14% no volume de produção destinado ao abastecimento dos setores de siderurgia, cimento e cal, entre outros.

O presidente da RHI Magnesita na América do Sul, Francisco Carrara, destaca que as operações da cidade mineira são muito importantes para a empresa. O executivo menciona que aproximadamente 20% da produção de refratários da companhia são realizados em Contagem.

“A cidade é muito importante nas questões de posicionamento estratégico, logística e dentro da nossa estratégia de inovação”, afirma ele.

Por falar em inovação, o presidente da RHI Magnesita na América do Sul ressalta que os investimentos da empresa em Minas Gerais, além de ser uma aposta no crescimento em médio e longo prazos do Estado e do País, também pretendem modernizar a companhia levando em conta o conceito da indústria 4.0.

“Pensamos na perenidade dos nossos negócios. Vamos preparar o nosso parque industrial para as próximas décadas, para os mais diferentes desafios”, afirma ele.

Detalhamento – Mais de 70% dos investimentos têm como objetivo a reestruturação do parque fabril. A ideia é que haja mais eficiência e agilidade no fluxo de produção. Novas tecnologias e equipamentos mais modernos também estão planejados.

Já outra parte dos investimentos vai ser voltada para a construção de uma nova sede da marca na América do Sul. O escritório permanecerá em Contagem e vai seguir as mesmas diretrizes de arquitetura, tecnologia e estrutura que podem ser encontradas na sede da companhia, localizada em Viena, na Áustria.

“Estamos focando o bem-estar dos nossos colaboradores e o fato de todos estarem conectados a um ambiente que promova a abertura e a criatividade para inovar”, destaca Francisco Carrara.

O espaço terá 15 mil metros quadrados e capacidade para mais de 600 funcionários. De acordo com a empresa, o local vai refletir a nova cultura da marca no Brasil, mais moderna e colaborativa. Os ambientes serão abertos e compartilhados.

A sustentabilidade também é um dos focos da companhia, que vai optar por iluminação natural, o que gerará uma economia de 30% de energia, entre outras ações, como a presença de espaços verdes para convivência e bicicletários.

“Temos como objetivo atrair e reter talentos e dar condições de trabalho para que eles possam não somente produzir de forma adequada, mas também sentir prazer nisso”, destaca o presidente da RHI Magnesita na América do Sul.