“Ellora”, de Lazarinni

A ciência dá lugar ao imaginário na Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura. A partir da próxima terça-feira o artista visual mineiro Ildeu Lazarinni apresenta no espaço a exposição “Ellora” – uma instalação de 50 kg e 8 m de comprimento feita com poliuretano, tinta acrílica e alfinetes. A técnica utilizada está presente em toda a trajetória artística de Lazarinni, que em uma experiência de laboratório durante seu doutorado em Engenharia de Biomateriais, descobriu no microscópio aquilo que desejava criar em grande escala para ocupar as galerias de arte: a matriz extracelular presente no corpo humano. A mostra tem curadoria de Élcio Miazaki e fica aberta à visitação até 27 de janeiro de 2019 com entrada gratuita.

Cinema Falado

Em memória de Geraldo Veloso, o Cinema Falado – um encontro com críticos e cineastas para ver um filme e conversar sobre cinema, poesia, política e outros assuntos da cultura brasileira – prossegue suas atividades no mês de dezembro com a exibição do filme “Ganga Bruta”, de Humberto Mauro, com Durval Belline e Déa Selva. Produzido em 1933, o filme é considerado um marco do cinema brasileiro e será apresentado pelo crítico e cineasta Paulo Augusto Gomes, um dos estudiosos que melhor conhece a obra de Humberto Mauro. O filme será exibido na próxima terça-feira, às 19h30, na Sala Geraldo Veloso do MIS Cine Santa Tereza (praça Duque de Caxias, bairro Santa Tereza).

Cachaça e queijo

Para marcar o aniversário de 316 anos de história, comemorado no dia 8 de dezembro, Conceição do Mato Dentro ganha de presente o “Festival Artesanal de Conceição do Mato Dentro: Cachaça, Queijo e Cerveja/1º Seminário do Queijo Minas Artesanal”, que será realizado no Mercado Municipal Maurílio Lages. O evento é um resgate e ampliação do tradicional Festival da Cachaça Artesanal, que foi realizado durante vários anos em Conceição do Mato Dentro. O Festival Artesanal Cachaça, Queijo e Cerveja/1º Seminário do Queijo Minas Artesanal busca valorizar e divulgar os produtos locais, criando mais oportunidades de negócios e gerando renda.

“Amigos do Inhotim”

Com 750 integrantes, o programa “Amigos do Inhotim” reúne pessoas que compreendem a importância do Instituto Inhotim e colaboram financeiramente com sua manutenção. O que poucos sabem é que essa doação pode ser até 100% deduzida do Imposto de Renda, de acordo com a Lei Federal de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet. Para garantir o ressarcimento no ano que vem, a contribuição precisa ser creditada até 31 de dezembro de 2018. O processo de doação é simples. O interessado deve entrar no site do programa (www.amigosdoinhotim.com.br) e escolher a categoria que mais se adequa à quantia que deseja contribuir.

Casamentos gays

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de casamentos homoafetivos está crescendo, enquanto as uniões heterossexuais estão diminuindo. Segundo o levantamento, o Brasil registrou 1.070.376 casamentos civis em 2017, sendo 5.887 deles entre pessoas do mesmo sexo. Embora o total de casamentos registrados tenha diminuído 2,3% em relação ao ano de 2016, os casamentos entre pessoas do mesmo sexo cresceram 10%. O avanço foi puxado pelas mulheres. A união entre cônjuges do sexo feminino saltou 15,1% no ano passado, com a realização de 3.387 casamentos. Já os casamentos entre parceiros masculinos cresceram 3,7%, com 2.500 novas uniões no ano passado. O número de casamentos civis gays superou o patamar do ano anterior em todas as grandes regiões do País, com destaque para o avanço de 13,8% no Centro-Oeste.