A Pagcom, empresa de soluções e tecnologia para pagamentos, frente de caixa e serviços bancários, registrou um crescimento de 39% no faturamento em comparação ao valor movimentado no ano anterior. Ao todo, foram somados mais de R$ 10,5 bilhões em negócios contra R$ 7 bilhões em 2017.

“Com mais consumidores buscando soluções cada vez mais práticas e funcionais disponíveis no mercado de meios de pagamento, esperávamos um crescimento neste patamar”, afirma o CEO e fundador da empresa, Caio Davidoff. Segundo o executivo, para 2019 a expectativa é de que o clima econômico interno veja uma melhora. “Muitos empreendedores estão otimistas em relação ao consumo e a expectativa é de crescimento no ano que vem”, acrescenta.

A Pagcom já possui mais de 54 mil empresas em todo o País que utilizam as soluções da empresa para pagamentos, com uma média mensal de R$ 15 mil por CNPJ. A startup projeta aumento de 50% em 2019 no volume de negócios gerados por meio de seu sistema e espera atingir cerca R$ 15,7 bilhões no fechamento do ano.

Com 27 funcionários diretos e mais de 200 indiretos, a Pagcom atua hoje em algumas frentes: as máquinas de cartões com soluções customizadas para lojistas, máquinas tradicionais, que representam 90% do negócio, conta cartão, o mercado de câmbio e a criação de soluções de e-commerce.