Foto: Divulgação

Cinema

Nacional – A Fundação Municipal de Cultura apresenta a “Mostra Geleia Geral”, com filmes brasileiros que tematizam os elementos históricos diversos e conflitivos da nossa cultura e nossa identidade, além de discutirem sobre tradição e modernidade brasileira, como “Macunaíma” (foto), de 1969, dirigido por Joaquim Pedro de Andrade, o documentário “Carmen Miranda – Bananas Is My Business” (1994), de Helena Solberg, e “Loki” (2008), de Paulo Henrique Fontenelle, sobre Arnaldo Baptista, da banda Os Mutantes,

Quando: de 12 a 31 de janeiro
Quanto: entrada gratuita
Onde: MIS Cine Santa Tereza (rua Estrela do Sul, 89, Praça Duque de Caxias, Santa Tereza

Música

Concerto – Elisa Freixo (órgão) e convidados fazem concerto no órgão da Matriz de Santo Antônio em Tiradentes. Exemplar do século XVIII, o órgão da Matriz foi encomendado em 1785 ao organeiro português Simão Fernandes Coutinho, na cidade do Porto.

Quando: dias 17, 18, 24, 25 e 31 de janeiro (20h)
Quanto: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)
Onde: Matriz de Santo Antônio – Tiradentes

Blues – A 6ª edição do “Projeto Blues Verão” terá como grande atração na abertura o guitarrista, cantor e compositor paulistano Giba Byblos, com repertório de blues, soul, R&B e funk, além de exposições de arte, quitutes diferenciados, cervejas artesanais e sorteios de quadros.

Quando: dia 12 de janeiro (20h)
Quanto: R$ 20,00
Onde: Barracão de Antiguidades e Arte (rua Canela de Ema, 20, Casa Branca, Brumadinho)

Artes plásticas

Gravuras – O universo onírico e indelével das imagens e das formas ganha movimento, visibilidade e identificações na exposição “O estado da arte no ofício: gravura em metal no ateliê da UFMG”. O recorte traz a concepção de “escola gráfica” e apresenta cerca de 50 obras de dez gravadores que passaram pelo ateliê.

Quando: até 28 de fevereiro (de segunda a sexta, das 10h às 19h, e aos sábados, das 10h às 14h)
Quanto: entrada franca
Onde: cAsA – Obras Sobre Papel (avenida Brasil 75, Santa Efigênia)

Instalação – O artista visual mineiro Ildeu Lazarinni apresenta a exposição “Ellora”, uma instalação de 50 kg e 8 metros de comprimento feita com poliuretano, tinta acrílica e alfinetes. Como na biologia, os 39 “núcleos flutuantes” que integram a instalação ganharam forma nas mãos do artista de maneira espontânea, reunindo-se harmonicamente em diferentes tons de verde, azul, roxo, rosa e lilás.

Quando: até 27 de janeiro, de terça a sexta-feira, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
Quanto: entrada gratuita
Onde: Casa Fiat de Cultura (Praça da Liberdade, 10, Funcionários)

Teatro

Comédia – “#Confusão” narra a trajetória de um rapaz que perde a memória a caminho de um jogo de futebol e gera um enorme desarranjo na vida de Virgínia, que tenta ajudá-lo.  O espetáculo faz parte da 45ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, realizada pelo Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc).

Quando: dias 12 e 13 de janeiro (19h30)
Quanto: R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00 (meia), na bilheteria do teatro, e por R$ 18,00 nos postos de venda Sinparc e no site www.sinparc.com.br.
Onde: Teatro Francisco Nunes (avenida Afonso Pena, s/n, Parque Municipal)

Comédia – Em cartaz há 18 anos, a peça mineira “Como sobreviver em festas e recepções com buffet escasso”, estrelada por Carlos Nunes, abre a Campanha de Popularização do Teatro e da Dança de 2019.

Quando: dias 12 de janeiro (21h) e 13 de janeiro (20h)
Quanto: nos postos Sinparc (Mercado das Flores, Shoppings Cidade, Pátio Savassi, Estação e Itaú Power), R$ 18 (preço único), e na bilheteria do teatro, R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Onde: Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube (rua da Bahia, 2.244, Lourdes)