Créditos: TOMAZ SILVA / ABr

MÚSICA

Lenine – O músico pernambucano abre a programação cultural de 2019 no Instituto Inhotim com o show da turnê “Lenine em Trânsito’.

Quando: 27 de abril (15h)
Quanto: R$ 44 (inteira) e R$ 22 (meia)
Onde: Inhotim (rua B, 20, Brumadinho)

Clássica – Sob a batuta do regente italiano Alessandro Cruele, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais interpreta um programa que une Brasil, Itália e França: Fontes de Roma e Impressões Brasileiras, de Respighi, Pavana para uma infanta defunta, de Ravel, e Dança, de Debussy. Outra atração é o jovem pianista brasileiro Aleyson Scopel, que volta a se apresentar com a Filarmônica com Concerto para piano nº 1, de Claudio Santoro, nas celebrações do centenário do compositor.

Quando: 26 de abril (20h30)
Quanto: R$ 46 (Coro), R$ 52 (Balcão Palco), R$ 52 (Mezanino), R$ 70 (Balcão Lateral), R$ 96 (Plateia Central), R$ 120 (Balcão Principal), Camarote par (R$ 140); meia-entrada para estudantes, maiores de 60 anos, jovens de baixa renda e pessoas com deficiência.
Onde: Sala Minas Gerais (rua Tenente Brito Melo, 1.090, Barro Preto)

Ópera – A mais popular ópera composta por Gaetano Donizetti, “O Elixir do Amor” tem direção musical e regência do maestro Silvio Viegas. A produção inédita da Fundação Clóvis Salgado resgata as dores e os amores da adolescência em um cenário de escola secundária.

Quando: até 28 de abril (20h, sexta-feira e sábado, e 19h, no domingo)
Quanto: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Onde: Grande Teatro do Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro)

CINEMA

Francês – A primeira exibição do ano da mostra Cineclube Francófono revê “O Desprezo” (1963), de Jean-Luc Godard, considerado um dos melhores filmes do diretor e da Nouvelle Vague, além de ter roteiro baseado numa história de Alberto Noravia. O longa é estrelado por Brigitte Bardot e terá sessão comentada pela crítica de cinema e artista plástica Maria Trika.

Quando: 27 de abril (16h)
Quanto: entrada gratuita
Onde: Cine Humberto Mauro – Palácio das Artes (avenida Afonso Pena, 1.537, Centro)

Nicholas Ray – A mostra “Retrospectiva Nicholas Ray” reúne os 24 filmes dirigidos ou codirigidos pelo cineasta norte-americano. Conhecido por clássicos como “Juventude Transviada”(1955), com James Dean , e o western “Johnny Guitar” , de 1954, Ray transita por diversos estilos no contexto pós-segunda guerra mundial, passando pelo noir, comédia, drama e faroeste.

Quando: até 9 de maio
Quanto: entrada gratuita
Onde: Cine Humberto Mauro (avenida Afonso Pena, 1537, Centro)

ARTES PLÁSTICAS

Colagens – Imagens e arquivos sobre fatos e momentos da história e do cotidiano ganham novos contornos na exposição “Silêncios Seletivos”, de Luiza Nobel. A mostra reúne um inventário de 25 obras, composto por fotos de jornais e revistas, além de objetos.

Quando: até 26 de maio
Quanto: entrada gratuita (terça a sexta, das 10h às 21h, e sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h)
Onde: Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura (Praça da Liberdade, 10, Funcionários)