Churrascaria na região Centro-Sul de Belo Horizonte recebeu aporte entre R$ 4 mi e R$ 6 mi

O Baby Beef ganhará a sua segunda unidade em Belo Horizonte. A nova casa, localizada na avenida Raja Gabaglia, no bairro São Bento, estará aberta para o público a partir de hoje com várias novidades, como uma butique de carnes, novos pratos no cardápio e harmonização com cervejas da Backer. O empreendimento demandou um investimento entre R$ 4 milhões a R$ 6 milhões.

Segundo o presidente do grupo, Yago Furlan, a nova casa é uma solicitação antiga de clientes por uma unidade na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Até então o Baby Beef estava presente somente na avenida Cristiano Machado, no bairro União, região Nordeste da Capital. Já fora de BH, o grupo tem uma unidade em São Paulo e outra no Rio de Janeiro, mas a ideia é ampliar a presença até mesmo fora do País.

“Temos planos de ter uma unidade também em Juiz de Fora, em Brasília e em Goiânia, e fora do Brasil, estamos analisando a possibilidade de abrir uma casa em Miami”, revela Furlan, que credita a boa safra nos negócios à operação “redonda” da marca. Ainda não há previsão para a instalação destas unidades.

Infraestrutura – O novo Baby Beef Steakhouse ocupa uma área construída de 2.100 metros quadrados e tem capacidade para atender quase 400 clientes. As mesas são distribuídas em dois salões, e o espaço conta com uma área para crianças, ilha de frios, antepastos e guarnições e ainda uma Backer Station, para harmonizar as carnes da casa com as cervejas artesanais da marca.

Além disso, o espaço também abriga a Prediletos, uma butique de carnes para que o cliente possa levar para a casa as carnes Baby Beef já porcionadas e também os temperos.
O rodízio também traz algumas novidades, como cortes de carnes nobres como ancho, carré de cordeiro e shoulder steak.

Em breve, o modelo pode ser replicado também na unidade da avenida Cristiano Machado, que deve passar por uma reforma a partir do próximo mês. Além disso, o grupo tem planos de aplicar o formato da Prediletos em lojas de ruas, para atender um número maior de regiões na cidade.