Murilo Taranto, que agora ocupa o cargo de CTO, afirma que a venda permite que a empresa ganhe ainda mais escala REVISTA EXAME_MURILO TARANTO Foto do empreendedor È Murilo Taranto, fundador da Stoque, empresa de digitalizacao de documentos no escritorio da Wework. Foto: Marcus Desimoni / NITRO

Especializada em tecnologias para automação de processos e transformação digital nas empresas, a mineira Stoque vive momento de expansão, após ter 95% do seu capital vendido para o fundo de investimento Kinase Investments. A aquisição custou R$ 70 milhões ao fundo, que pretende trazer ainda mais crescimento para a empresa que, no ano passado, faturou R$ 63 milhões. A meta dos novos gestores é manter um crescimento no faturamento de 25% ao ano.

A Stoque foi criada em Belo Horizonte em 2003 por cinco sócios, dos quais só permaneceu Murilo Machado Taranto, que agora ocupa o cargo de CTO. O empresário afirma que a venda de 95% do capital da empresa foi uma decisão encarada como grande oportunidade, tanto pelo retorno financeiro mas também pela possibilidade de alto crescimento para a marca. “O capital permite que a empresa ganhe ainda mais escala”, destaca.

Segundo ele, a empresa permanece focada na oferta de tecnologias diversas para a automação de processos e transformação digital nas empresas. Mas destaca que as mudanças de estratégia serão inevitáveis, já que houve uma troca na gestão. “Essas mudanças passam por mais governança, compliance, controle de processos. A tendência é melhorar a gestão e é, claro, as tecnologias, pois esse é um mercado em que se precisa evoluir e aprimorar o tempo todo”, frisa.

Entre os clientes da Stoque já há grandes nomes do mercado financeiro, como Itaú, Inter e BS2. Segundo Taranto, a empresa fará grande esforço para atrair novos bancos digitais para a sua carteira de clientes. Entre as soluções que a empresa oferece estão a de captura inteligente para digitalização de documentos; de gestão de documentos; robôs e softwares diversos. Segundo o CTO, em 2018 a empresa faturou R$ 63 milhões e a expectativa dos novos gestores é que essa receita cresça 25% este ano.

A Stoque tem sede em Belo Horizonte, além de filiais em São Paulo, Brasília, Espírito Santo e Belém. Ao todo, são 350 funcionários. Para Taranto, o investimento da Kinase Investments evidencia o potencial do segmento de tecnologia em Minas Gerais. “Mineiro trabalha em silêncio, mas trabalha bem. A Stoque foi identificada como empresa com grande potencial de crescimento entre mais de 200 empresas avaliadas”, comemora.