A Cabify e a Easy avançam na integração de suas equipes de gestão. As duas empresas fazem parte do Grupo Maxi Mobility e operavam de maneira independente até agora. Com esta integração, as estruturas de gestão das duas empresas se combinam para sinergias operacionais.

“Esse movimento estratégico está alinhado com o plano da Cabify para construir a plataforma de serviço de mobilidade líder na América Latina e na Península Ibérica e garante que a Cabify ofereça mais serviços aos motoristas parceiros, taxistas e passageiros”, informa a empresa, em nota.

“Estamos felizes em compartilhar esta nova fase de crescimento do grupo. Acreditamos que podemos substituir os carros particulares nos mercados em que operamos. Ao integrar nossos líderes, estaremos em uma posição ainda mais forte para atingir nossa missão de criar uma verdadeira plataforma de mobilidade como serviço”, afirma o CEO da Maxi Mobility e fundador da Cabify, Juan de Antonio.

Os líderes dos países reportarão diretamente a Vicente Pascual, CEO e cofundador da Cabify. Para o executivo, este é um movimento importante para o negócio. “Ao trabalharmos juntos, poderemos melhorar a experiência do usuário, dos taxistas e dos motoristas parceiros, alavancando o melhor das marcas Cabify e Easy. Desejamos que os passageiros percebam a vantagem de ter mais possibilidades para se locomover nas cidades e que nossos motoristas parceiros e taxistas se beneficiem de ter usuários das duas plataformas solicitando seus serviços. É também importante dizer que realizaremos nossos investimentos mais eficientemente e executaremos mais rapidamente as diversas iniciativas de crescimento que planejamos”, afirma o executivo.

Segundo Pascual, a empresa está dando os primeiros passos para a implantação do MaaS (Mobility as a Service) em uma única plataforma tecnológica. “O primeiro projeto é o que chamamos de ‘solicitação cruzada’ ou cross request. Na prática, os usuários da Cabify poderão solicitar um táxi da Easy dentro do app da Cabify. Acreditamos que é interessante, principalmente para os clientes corporativos. O cross request garante mais disponibilidade de carros para passageiros e também aumento de público para motoristas parceiros e para taxistas”, explica o executivo. A implantação do projeto está ocorrendo progressivamente nas cidades e países.

Para apoiar a nova estrutura de gestão, o grupo está promovendo uma reestruturação da equipe de liderança e nomeando executivos-chave para liderar os principais mercados. Jorge Pilo é o novo Country Manager Brasil na Cabify e na Easy. “O Brasil é um dos principais mercados de mobilidade do mundo. A maioria dos brasileiros já entendeu que não precisa do carro particular para se locomover nas cidades. Agora, estamos vendo que todos estão buscando vários modais. Já iniciamos a parceria entre as marcas Easy e Cabify e há outras novidades em estudo”, revela o executivo. Nos últimos quatro anos, Pilo foi o CEO Global da Easy.

Fundada em 2011, em Madri (Espanha), a Cabify expandiu para a América Latina depois de poucos meses do início da operação. A empresa está presente atualmente na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, México, Panamá, Peru, Uruguai, Portugal e República Dominicana, com atuação adequada para atender as necessidades de cada uma das mais de 130 cidades em que opera. Com uma equipe predominantemente latina, a Cabify se destaca no setor por apostar em profissionais locais, gerando empregos de alto valor em uma indústria que está sendo transformada pela tecnologia e pela inovação.