Antes dos ajustes o lucro líquido da companhia no trimestre era de R$ 95,5 milhões e a receita líquida passou de cerca de R$ 6 bilhões para R$ 6,25 bilhões - CREDITO: CHARLES SILVA DUARTE

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) alcançou lucro líquido de R$ 244,5 milhões no terceiro trimestre de 2018 após reajustar os resultados do segundo e terceiro trimestres deste exercício. O desempenho reverte o prejuízo de R$ 83,6 milhões apresentado pela companhia no período de julho a setembro de 2017, conforme balanço divulgado ao mercado financeiro.

A estatal mineira explicou que, após a publicação das informações contábeis intermediárias do trimestre, foram identificadas divergências na contabilização da amortização de determinados ativos e passivos financeiros, além de outros componentes financeiros homologados em revisão tarifária. Por este motivo, optou pela reapresentação das informações.

“Os ajustes representam um aumento na receita líquida da Cemig Distribuição em relação àquela divulgada ao mercado nas Informações Trimestrais referentes ao segundo e terceiro trimestres de 2018. A companhia optou pela reapresentação, a fim de refletir de forma mais adequada a sua situação patrimonial e o seu desempenho operacional”, informou a empresa em fato relevante enviado ao mercado.

Com as mudanças, o lucro líquido da Cemig passou de R$ 95,5 milhões, conforme informado anteriormente, para os atuais R$ 244,5 milhões.

Já a receita da companhia passou de cerca de R$ 6 bilhões, de acordo com informação publicada em 14 de novembro, para R$ 6,25 bilhões, aumento de 21,7% na comparação com a mesma época do ano passado.

A empresa registrou ainda uma geração de caixa, medida pelo Lajida (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 902 milhões nos últimos três meses, 122,7% maior que o terceiro trimestre de 2017. Antes dos ajustes realizados pela estatal, o resultado do Lajida havia sido de R$ 682 milhões.

Assim, quando considerados os resultados do acumulado de janeiro a setembro deste exercício, a receita bruta foi de R$ 25,611 bilhões, a receita líquida de R$ 16,7 bilhões, o Lajida de R$ 2,793 bilhões e o lucro líquido acumulado de R$ 698 milhões.

Leia também:

Preço afetou a oferta de ações da Light

BP vai investir em projetos solares no Brasil

Usina de Itaipu deve bater recordes em novembro

Ações – Segundo o presidente da Cemig, Bernardo Alvarenga, o resultado divulgado “mostra que as ações realizadas nos últimos anos já vêm apresentando ganhos significativos de eficiência operacional para a empresa e para os consumidores”. A redução de gastos com pessoal, materiais e serviços já é de R$ 235 milhões no ano, conforme a empresa.

Além disso, os investimentos no valor de R$ 4,5 bilhões na rede de distribuição já começaram a retornar ao caixa da companhia, após o reconhecimento pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), refletindo na melhora do lucro da distribuidora, que alcançou um resultado positivo de R$ 168,4 milhões, no terceiro trimestre.