Créditos: Ana Carolina Oliveira/CIEE-MG

Dia Internacional do Jovem Trabalhador

O Centro de Integração Empresa-Escola de Minas Gerais (CIEE/MG) homenageia, neste dia 24 de abril, os jovens aprendizes que estão atuando em várias empresas e instituições, públicas e privadas, do País.

O jovem trabalhador influencia positivamente o ambiente profissional onde atua, compartilha teorias e interesses, que poderão proporcionar mudanças em prol da evolução da organização contratante e da equipe da qual faz parte. Entretanto, parte significativa da taxa de desocupação no nosso país é composta por jovens trabalhadores com idades entre 18 e 24 anos.

A comemoração desta data surgiu por uma iniciativa da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que instituiu o Dia Internacional do Jovem Trabalhador para destacar a importância de novos profissionais no mercado de trabalho.

Aprendizagem no CIEE/MG

A Lei nº 10.097/2000, mais conhecida como Lei da Aprendizagem, determina que uma cota entre 5% e 15% das vagas das empresas consideradas de médio e grande portes sejam destinadas aos jovens entre 14 a 24 anos incompletos, sendo estudante dos ensinos Fundamental, Médio, Técnico ou formado.

Com o seu Programa de Aprendizagem, instituído há três anos, o CIEE/MG mantém atualmente cerca de 400 jovens aprendizes em formação, em parceria com as empresas contratantes.

As empresas contratantes de aprendizes têm benefícios como: recolhimento de apenas 2% do FGTS (redução de 75% do valor normal) em favor do aprendiz contratado; dispensa de aviso prévio remunerado e isenção da multa rescisória para o aprendiz; empresas registradas no “Simples Nacional” não terão acréscimo na contribuição previdenciária; oportunidade de treinar e capacitar os aprendizes para que esses se transformem em futuros talentos, preparados para contribuir com o crescimento e o desenvolvimento da sua empresa.

Presidente apoia programa

Em sua postagem no Twitter, no sábado passado, o presidente Jair Bolsonaro, elogiou o programa de aprendizagem oferecido às empresas pelo Sistema CIEE em todo o País. “O Centro de Integração Empresa-Escola é uma oportunidade para o ingresso de jovens no mercado de trabalho, gerando cerca de 470.000 aprendizes ativos. Neste ano, a quantidade de vagas subiu 12% em relação a 2018, mostrando o crescimento da confiança do empreendedor no Brasil”.