Estudamos todo o passado e a experiência financeira do nosso cliente, afirma Kátia Alecrim - Foto: Divulgação

Dedicada a aplicar a inteligência de mercado e a análise das tendências econômicas no delineamento de soluções ideais para o perfil, a experiência financeira e o momento de vida de cada um de seus clientes, a assessoria Davos Wealth Management fortalece sua presença em Minas Gerais com a abertura de um escritório em Belo Horizonte a partir de janeiro. Antes ela funcionava em coworking.

O novo endereço, no bairro de Lourdes, na região Centro-Sul, vai abrigar os quatro sócios locais da assessoria. De acordo com uma das sócias principais da Davos, Kátia Alecrim, foram investidos R$ 800 mil.

“Belo Horizonte é a primeira praça em que vamos ter um escritório, além da sede em São Paulo. Há seis meses, começamos a operar instalados em um coworking e agora passamos para um espaço próprio, replicando as condições que temos em São Paulo. Nosso objetivo é que o cliente sinta como se estivesse em seu próprio espaço em qualquer um de nossos escritórios”, pontua Kátia Alecrim.

Leia também:

Planejamento é grande aliado

A assessoria é especializada em investir portfólios superiores a R$ 3 milhões para clientes pessoa física e pessoa jurídica. A Davos também tem operações em Porto Alegre e Campinas. Na capital gaúcha, as obras da sede própria começam em janeiro e, em seguida, será a vez de Campinas. No Rio de Janeiro estão abertas negociações para a montagem do time. A expectativa é começar as operações no território fluminense ainda no primeiro semestre de 2019.

Em Minas Gerais, as ações estão concentradas na Capital e região metropolitana. Embora características locais como o conservadorismo e um jeito mais comedido de fazer negócios entre os mineiros sejam relevantes, a estratégia da Davos é apostar em uma análise individual criteriosa para traçar o perfil de cada investidor.

“Estudamos todo o passado e a experiência financeira do nosso cliente, o atual momento de vida dele junto com as tendências da economia nacional e mundial. É dessa imersão que oferecemos as melhores opções para cada um. E é por isso que faz sentido nos instalarmos fisicamente em Belo Horizonte. Tudo isso poderia ser feito a distância, utilizando as tecnologias de comunicação, mas para que dê certo é preciso confiança. Na Davos todos os clientes são atendidos por sócios da consultoria. Acreditamos na construção de um relacionamento duradouro e de confiança. A tecnologia é uma ferramenta e não um fim”, destaca a executiva.

A Davos Wealth Management utiliza a plataforma da XP Investimentos e também assessora seus clientes indicando oportunidades em áreas como questões tributárias, seguros, planejamento de fortunas e alternativas offshore. Ela foi a primeira brasileira autorizada a utilizar a marca “Wealth Management” junto ao nome pela XP.

“Fomos muito bem recebidos em Minas. O Estado tem uma longa tradição de pioneirismo no setor bancário e agora vem se posicionando também em relação à utilização de plataformas de investimento como alternativa ao sistema financeiro. É um público atento, que estuda as opções e trabalha com muita elegância ao investir. A nossa atuação ainda está concentrada na Capital, mas pela força da economia mineira sabemos que vamos atender investidores de todo o território, seja fisicamente viajando para encontrar esses clientes em suas cidades, seja no escritório de Belo Horizonte ou por meio de videoconferências”, completa.