Com expansão da rede, empresa estima aumento de 10% no faturamento - Foto: Divulgação

Tudo começou com uma unha encravada. Por causa dela, Jonas Bechelli era usuário assíduo dos serviços de podologia na década de 90, mas diante de um mercado ainda minguado, sem padronização ou especialização, ele decidiu fundar a própria marca. Em 1998, nascia então a Doctor Feet, rede de lojas especializada em podologia e venda de produtos ortopédicos que, hoje, já conta com mais de 80 franquias no Brasil, uma delas em Minas, na cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A previsão é inaugurar mais duas lojas no Estado, em Belo Horizonte, ainda este ano.

“Eu sempre fui usuário destes serviços e costumava fazer o pé porque tinha uma unha encravada. Na época já havia alguns serviços semelhantes, mas nada profissional. Com 22 anos fundei a marca e decidi padronizar tudo oferecendo um alto padrão de qualidade”, conta o empresário.

Completando 20 anos de empresa em 2018, a marca está cada vez mais adepta ao mundo digital. Pelo aplicativo já é possível agendar um horário para atendimento nas lojas e avaliar os serviços. Mas o foco continua sendo o atendimento presencial.

“Estamos passando a empresa cada vez mais para o digital, mas apesar de o momento difícil que o País atravessa, a área de serviços em grandes centros comerciais se torna cada vez mais importante e vem ganhando força e relevância na hora de se escolher o mix de produtos. Hoje, a gente faz tudo pela internet, mas a única coisa que ainda não é possível fazer virtualmente são os serviços. Isso está transformando os shoppings em grandes centros de conveniência, serviços e entretenimento”, comenta Bechelli.

Cada loja tem cerca de 15 funcionários, entre podólogos, manicures, atendentes e gerentes. Toda a rede gera em média 1.200 empregos diretos. Dentre os serviços disponíveis estão remoção de calos, unhas encravadas, corte técnico de unhas, relaxamento, reflexologia, fototerapia, hidratação, argiloterapia e o tratamento de pés de diabéticos.

Franquia – O investimento por franquia é a partir de R$ 350 mil, com retorno para o franqueado em até três anos. Com a previsão de novas unidades no País ainda este ano, a expectativa é aumentar 10% o faturamento da rede. E Minas continua na mira. “Estamos buscando novos interessados para franquear no Estado, Minas Gerais é o nosso sonho, a gente sabe que o povo mineiro adora se cuidar e vemos um grande potencial de crescimento da marca aí”, conclui Jonas Bechelli.