Expectativa da empresa é atender até 1 mil clientes por mês/Foto: Leca Novo/Divulgação

Alçado num pilar de crescimento horizontal, ou seja, quando a empresa cresce, os salários dos colaboradores também acompanham, a marca se orgulha de trabalhar em dois pilares fundamentais: o social e o ambiental. Nos últimos cinco anos, a empresa cresceu em média 30% anualmente, mostrando que seguir os valores tem dado certo, permitindo ainda a expansão, mesmo sem o franqueamento.

“Para facilitar o entendimento: é saudável para uma empresa se endividar até duas vezes de sua capacidade de geração anual de caixa, para crescer. E o Laces faz um endividamento de 25% do total que poderia endividar para crescer. Isso mostra que, embora seja uma empresa pequena e familiar, é uma empresa saudável que tem condições de crescer com as próprias pernas”, relata o diretor comercial do Laces, Itamar Cechetto.

Sobre o compromisso ambiental, a loja de BH, por exemplo, conta com 1.200 plantas que, além de decorar, ajudam a manter a temperatura fresca, em média 2º a menos do que sem elas, permitindo uma economia com ar-condicionado. Além disso, a água da chuva é captada, tratada e armazenada para ser usada na lavagem dos cabelos e já há uma negociação com uma empresa de energia solar em Minas para que toda a parte energética do empreendimento seja de energia limpa, como já acontece na loja de Moema, em São Paulo. (JB)