Expectativa é de que cerca de 12 mil pessoas participem da edição do Minas Láctea deste ano - Crédito: Erasmo Pereira

Um dos mais importantes eventos do setor lácteo da América Latina, o Minas Láctea 2019 reunirá, nos dias 16, 17 e 18 de julho, os principais elos da cadeia industrial do leite. O evento, que será em Juiz de Fora, na Zona da Mata, conta com uma programação ampla e é referência na difusão de tecnologia para o setor.

O Minas Láctea também é considerado uma vitrine para os produtos lácteos, insumos, e uma oportunidade para conhecer as pesquisas desenvolvidas para o setor, as tendências de mercado, demandas e os melhores produtos lácteos produzidos no País.

Nesta edição, a expectativa é de que cerca de 12 mil pessoas participem do evento. O Minas Láctea é organizado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e composto pelo 32º Congresso Nacional de Laticínios, 44ª Exposição de Produtos Lácteos (Expolac), 44º Concurso Nacional de Produtos Lácteos, 44ª Exposição de Máquinas, Equipamentos, Embalagens e Insumos para a Indústria Laticinista (Expomaq) e a 39ª Semana do Laticinista.

De acordo com o coordenador de negócios do Minas Láctea, Antônio Fernando Bastos Nunes, as expectativas em relação ao evento são muito boas. Por ser uma referência em tecnologia e reunir a cadeia da indústria láctea, tanto a visitação como a participação de empresas no evento é crescente.

“O Minas Láctea é a oportunidade para que os profissionais se capacitem e conheçam o que tem de novo para o setor, desde as pesquisas até máquinas e novas tecnologias disponíveis, e façam negócios”, explicou.

Expomaq – Um dos principais eventos que compõem a feira é a 44ª Exposição de Máquinas, Equipamentos, Embalagens e Insumos para a Indústria Laticinista (Expomaq). A Expomaq, que é realizada no Expominas de Juiz de Fora, deve movimentar, pelo menos, R$ 200 milhões em negócios.

Este ano, o número de expositores passou de 120 para 130, sendo que, deste total, 38 estão participando do evento pela primeira vez.

As empresas participantes são fornecedoras de insumos para atividades, incluindo fabricantes de embalagens, fornecedores de máquinas e equipamentos, empresas de nanotecnologia, logística, laboratórios, entre outras. O público da exposição é segmentado, composto por empresários do setor, técnicos, professores e estudantes da área de alimentos interessados em conhecer o funcionamento e a aplicabilidade das inovações.

“A Expomaq é a oportunidade para investimentos do setor lácteo. Este ano, contamos com a participação de empresas nacionais e internacionais. Algumas, vindas da França e da Itália, não possuem unidades no País, mas estão trazendo os produtos para apresentar na feira. Isso mostra a importância do evento. Esperamos receber visitantes de vários estados e também de outros países”, explicou Nunes.

Durante o Minas Láctea, será realizado o Congresso Nacional de Laticínios, onde são divulgados resultados de pesquisas voltadas para o setor. A programação do congresso inclui onze palestras, três palestras magnas e onze minicursos, além da exposição de pôsteres. As atividades serão realizadas no Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT), em Juiz de Fora, no período da manhã. O congresso é considerado importante para a interação e atualização de estudantes, pesquisadores, técnicos e profissionais do setor.

Concurso de lácteos – Já no Concurso Nacional de Produtos Lácteos, a expectativa é de reunir cerca de 80 laticínios, que irão disputar o prêmio de melhor produto do Brasil em onze categorias: doce de leite, requeijão, manteiga, destaque especial e queijos gorgonzola, minas padrão, prato, reino, gouda, parmesão e provolone.

Os vencedores do concurso, um dos principais do setor, serão premiados no dia 18 de julho, durante o encerramento do Minas Láctea.

“O concurso de lácteos é realizado há décadas e, naturalmente, tornou-se referência. Já recebemos mais de 200 produtos de dezenas de empresas laticinistas cadastradas. Os produtos que são premiados ganham um upgrade no mercado”, disse Nunes.

Também será realizada a Expolac, principal vitrine nacional para apresentação de produtos lácteos. No espaço, serão expostos e oferecida degustação de queijos, doces, bebidas lácteas, iogurtes e produtos inovadores que ainda serão lançados ao mercado consumidor. O evento será no Expominas de Juiz de Fora.