Grau Técnico possui 22 opções de cursos técnicos - Foto: Divulgação

Dado o sucesso das duas primeiras unidades instaladas na região central da capital mineira, o Grau Técnico, única rede de franquias em ensino técnico particular no Brasil, disponibilizará seus cursos também na Grande BH.

Duas novas unidades serão inauguradas em breve: uma no Barreiro e outra em Contagem, com capacidade para atender 2 mil alunos cada. Os novos espaços contarão com completa infraestrutura, incluindo laboratórios, salas de aula multimídia e agência de encaminhamento profissional.

Com a expansão, o Grau Técnico passará a uma capacidade de ministrar aulas para pelo menos 7 mil pessoas na capital mineira. Os cursos técnicos da rede duram de 1 ano e meio a dois anos, com aula três vezes na semana. E além das aulas teóricas e práticas, os alunos participam de palestras e visitas pedagógicas.

Atualmente, a rede conta com 2.300 estudantes matriculados em Belo Horizonte e a expectativa é que este número aumente a partir do ano que vem, tanto pela abertura das novas unidades quanto pela oferta de novos cursos.

Hoje, juntas, as escolas localizadas no centro de Belo Horizonte contam com nove cursos ativos: administração, enfermagem, eletrotécnica, radiologia, análises clínicas, recursos humanos, edificações, segurança do trabalho e informática. E, a partir do próximo mês, disponibilizarão também matrículas para os cursos de farmácia e instrumentação cirúrgica. As aulas terão início no ano que vem.

Já as unidades do Barreiro e de Contagem iniciarão os trabalhos com os cursos de administração, enfermagem e radiologia.

A franqueada Joana Ricci Coelho está otimista com as perspectivas junto ao mercado mineiro. Ela destaca que mesmo com pouco tempo em Belo Horizonte e com apenas três cursos técnicos, a franquia vai encerrar 2018 com 11 das 22 opções disponíveis, representando um crescimento de 120% no período.

“Trabalhar em Belo Horizonte é sempre um grande desafio. Temos um público exigente e ávido por treinamento, que nos cobra a evolução constante. Mas temos conseguido entregar. Com apenas três anos da presença do Grau Técnico em Belo Horizonte e já começamos a apresentar profissionais diferenciados para o mercado e alunos satisfeitos com suas conquistas e desejos profissionais sendo atendidos”, diz.

A rede – Fundada em 2010, em Pernambuco, a rede de ensino Grau Técnico, com sua proposta pedagógica inovadora, tornou-se em pouco tempo a principal referência em ensino técnico particular no Brasil e, consequentemente, a opção mais segura de investimento no setor de franquias de ensino. Com 32 unidades espalhadas nas cinco regiões do País – e mais 40 unidades em obras e em processo de regulamentação -, mais de 150 mil alunos já matriculados e um percentual de empregabilidade de 75% para alunos formados, a rede, agora denominada Grau Educacional, vem colecionando diversas certificações e premiações locais e nacionais.

De 2014 a 2018, recebeu o Selo de Excelência em Franchising da ABF; em 2017 ficou em primeiro lugar entre as empresas do segmento de educação que mais crescem no Brasil, segundo pesquisa Deloitte/Revista Exame; conquistou o Prêmio IEL de Estágio, em Pernambuco, de 2015 a 2018; foi destaque, nos dois últimos anos, entre as Melhores Franquias do Brasil, pela Revista PEGN, ficando em primeiro lugar, em 2017, no segmento de ensino técnico; e, no Prêmio JC Recall de Marcas, do Jornal do Commercio (PE), conquistou o primeiro lugar como marca mais lembrada no segmento de ensino técnico profissionalizante, em 2017 e 2018.

Tamanho reconhecimento serve ainda mais de fator motivador para o futuro da rede Grau Educacional, que projeta um grande crescimento de suas franquias até o fim de 2020. A começar pelo Grau Técnico, que possui 22 opções de cursos técnicos e praticamente todo mês inaugura pelo menos uma nova unidade no País. Apenas em São Paulo há duas dezenas de unidades em obras e em processo de regulamentação, que estarão prontas até no máximo fevereiro de 2019. Outras duas dezenas unidades estão sendo inauguradas ou preparadas para entrar em operação em Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Piauí, Ceará, Paraíba, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás e Amazonas.

Bem encaminhados – Para os alunos que necessitam de uma qualificação imediata para se inserir (ou se reinserir) no mercado de trabalho, o Grau Educacional oferece, desde 2014, a rede de franquia Nível A, escola profissionalizante com mais de 30 cursos práticos e interativos de curta duração, como mecânica de carro e de motocicleta; informática; manutenção de tablets e de smart phones; refrigeração; eletricista; gastronomia;

bombeiro civil; e corte & costura. São cursos livres, porém, que obedecem ao padrão do catálogo de cursos profissionalizantes sugerido pelo Serviço Nacional da Indústria (Senai).

Cada unidade do Grau Técnico e do Nível A possui uma Agência de Encaminhamento com duas equipes. Enquanto uma cuida do encaminhamento do aluno, outra fica responsável pela busca de parcerias. A empresa interessada diz o perfil do profissional que necessita e o Grau Técnico e o Nível A o encaminha. As escolas também conduzem alunos para que a própria empresa faça a seleção. Outra função da Agência de Encaminhamento é preparar o aluno para a entrevista de emprego.

Isso significa que, antes mesmo do evento de inauguração de cada unidade, a escola já gera emprego. A começar pela própria Agência de Encaminhamento, que começa a funcionar com no mínimo 20 funcionários fixos: diretor, coordenador comercial, coordenador e funcionário da secretaria, assessor, equipe pedagógica e serviços gerais. A demanda de instrutores começa com 30 profissionais e vai aumentando no decorrer da implantação.

Ao oferecer estagiários e profissionais qualificados, a Agência de Encaminhamento da rede Grau Educacional muda a vida da comunidade onde se instala.

Expansão – O Grau Técnico vive um momento de forte investimento visando dar um grande salto no mercado, no prazo de um ano, com um projeto arrojado de diversificação de negócios em todas suas dezenas de unidades espalhadas pelo País. Agora denominado Grau Educacional, o grupo – que já possui a escola profissionalizante de cursos rápidos e práticos denominada Nível A – lançou este ano as marcas Grau Médio Técnico, Faculdade Grau e Colégio Grau, todas com um padrão de ensino inovador cujo principal objetivo é formar e encaminhar seu aluno/cliente para o mercado de trabalho. Enquanto isso, o pioneiro Grau Técnico ganha um aumento de 125% no número de unidades, em todas as regiões do País, chegando com toda a força no Estado de São Paulo com 20 operações. O investimento total gira em torno de R$ 60 milhões.