Créditos: Alessandro Carvalho/Arquivo DC Copasa 10/02/2009

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa-MG) anunciou, na quinta-feira, um lucro líquido de R$ 186,7 milhões no primeiro trimestre de 2019. O valor ficou 13,7% superior aos R$ 164,2 milhões registrados no mesmo período do ano anterior.

Além disso, a estatal anunciou que, para 2019, estão previstos investimentos de R$ 750 milhões. O aporte faz parte do Plano de Negócios 2019 e Estratégias de Longo Prazo 2019 a 2023, lançado em dezembro de 2018 e que prevê investimentos de R$ 3,95 bilhões no período. Em relação aos investimentos, a previsão é aplicar R$ 750 milhões em 2019 e R$ 800 milhões por ano entre 2020 e 2023.

Os investimentos realizados no primeiro trimestre de 2019 pela Copasa foram de R$138 milhões, sendo que R$59 milhões foram alocados em sistemas de abastecimento de água, R$70 milhões em sistemas de esgotamento sanitário e R$8 milhões em programas de desenvolvimento empresarial e operacional.

Os recursos do Plano de Negócios 2019 e Estratégias de Longo Prazo 2019 a 2023 serão aplicados em projetos e empreendimentos para crescimento vegetativo, ampliação da capacidade de atendimento com água e esgoto de forma a atender aos compromissos de concessão assumidos, bem como para redução de perdas.

Balanço – De acordo com os dados divulgados pela Copasa, a receita líquida de serviços de água, esgoto, resíduos sólidos e construção alcançou R$ 1,19 bilhão, crescimento de 6,5% no primeiro trimestre quando comparado com o valor de R$ 1,12 bilhão registrado em igual intervalo de 2018.

A receita gerada com os serviços de água chegou a R$ 711,3 milhões, variação positiva de 6,7%, quando comparada com os R$ 666,4 milhões registrados entre janeiro e março de 2018.

Os serviços de esgoto movimentaram R$ 393,2 milhões, ante R$ 360,4 milhões observados no primeiro trimestre de 2018, o que gerou um incremento de 9,1%. A receita de resíduos sólidos encerrou o período estável, R$ 541 milhões.

Já a receita de serviços de construção recuou 5,2% e somou R$ 91,7 milhões, frente aos R$ 96,7 milhões verificados anteriormente.

A Copasa encerrou o primeiro trimestre com a prestação de serviços de água em 639 municípios e de esgotamento sanitário em 309 municípios. As ligações de água somaram 4,2 milhões de unidades, alta de 1,2%. No período, houve expansão de 3,8% na extensão da rede de água, somando R$ 52,9 mil quilômetros.

Já as ligações de esgoto cresceram 3,8%, alcançando 2,83 milhões de unidades, ante 2,73 milhões de unidades registradas nos primeiros três meses de 2018. A expansão da rede foi de 5,3%, totalizando 26,9 mil quilômetros.