Brasília – A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou ontem que algumas “medidas importantes” na área de crédito rural poderão ser anunciadas na próxima semana, enquanto defendeu novamente a expansão do seguro para produtores brasileiros.

“Semana que vem, a gente deve ter algumas medidas importantes nessa área de crédito para começar a anunciar. E eu continuo insistindo que o nosso principal ponto se chama seguro”, afirmou ela, após solenidade de posse do novo CEO do Banco do Brasil, Rubem Novaes, em Brasília.

“Seguro e seguro, nós precisamos resolver esse entrave, quer dizer, já existe, mas nós precisamos permear ele para uma base maior de produtores rurais, de agricultores”, acrescentou.

Reunião – Ela disse que algumas medidas já foram apresentadas ao presidente Jair Bolsonaro. “Amanhã (hoje), nós vamos fazer uma reunião com o presidente. Provavelmente deverão ser discutidas essas ações para o presidente anunciar”.

O atual Plano Safra 2018/19, cuja vigência vai até 30 de junho, disponibilizou R$ 191,1 bilhões em crédito para custeio e investimentos, além de R$ 600 milhões para subvenção ao seguro rural.

Na semana passada, durante sua posse no Ministério da Agricultura, Tereza disse que suas prioridades à frente da pasta no governo de Jair Bolsonaro seriam reduzir a burocracia e zelar pela segurança jurídica no setor. (Reuters)