Em audiência pública, produtores sugeriram mudanças no PL 4.631/2017, que dispõe sobre o queijo artesanal do Estado

Para estimular a produção e a constante melhoria dos queijos, buscando sua valorização e abertura de mercados consumidores, será realizado, no dia 6 de julho, o 1º Concurso de Queijo de Cabra e Ovelha da Região Sudeste. O evento faz parte da programação da 17ª Cabra Fest, que acontece de 5 a 7 de julho, em Coronel Pacheco, na Zona da Mata mineira.

O concurso está dividido em duas categorias. A primeira é de cabra, com as premiações queijo fresco, queijo massa lática temperado, queijo massa láctea não temperado, maturação até 30 dias, maturação acima de 30 dias e outros, a exemplo de mofo e minerais. Já a categoria ovelha terá premiações para queijo fresco massa mole, queijo maturado – 30 a 90 dias de massa prensada -, massa temperada e outros, a exemplo de mofo e minerais.

O concurso é destinado aos estados do Sudeste (Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo), onde a Associação dos Produtores de Caprinos e Ovinos de Minas Gerais (Accomig/Caprileite) realiza o controle leiteiro oficial do Capragene®, Programa de Melhoramento Genético de Caprinos Leiteiros da Embrapa. Para participar do concurso, é necessário que o produto possua pelo menos um dos selos de inspeção, municipal, estadual ou federal (SIM, SIE ou SIF).

A comissão julgadora é formada por técnicos, especialistas do setor, chefs, jornalistas e grandes referências da gastronomia. As inscrições podem ser feitas até o dia 28 de junho, sexta-feira.

O evento é uma realização da Accomig/Caprileite, em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), Embrapa, Prefeitura Municipal de Coronel Pacheco e Associação dos Criadores de Cabras Leiteiras da Zona da Mata Mineira (Caprima). (Com informações da Seapa).