Leite: 70% das novas adições vieram dos nossos concorrentes - Foto: Cristina Lacerda/Divulgação

Montes Claros, no Norte de Minas, e Varginha, no Sul do Estado, são as duas novas cidades mineira a receberem o Fiber To The Home (FTTH), serviço de fibra óptica de altíssima velocidade da Oi (até 200 Mega). O serviço foi ativado dia 19 nas duas cidades. A companhia começou a implantar a tecnologia no Estado em setembro último e, além de Montes Claros e Varginha, ele já está disponível em Belo Horizonte, Pouso Alegre, Poços de Caldas e Divinópolis. Para implantar a nova tecnologia, a operadora substituiu os tradicionais cabos de cobre ou cabos coaxiais por fibra óptica. A companhia tem mais de 300 mil quilômetros de fibra passada no Brasil, chegando a mais de 2 mil municípios com fibra através de sua rede de transporte.

“O cliente quer cada vez mais velocidade e conveniência e a companhia desenvolve seu portfólio para atender a todos os perfis de consumidores, principalmente nesta era do entretenimento digital, em que a demanda por internet de altíssima velocidade e capacidade é cada vez maior. As novas ofertas do Oi Fibra não só garantem altíssima performance, mas também quando contratada dentro do combo Oi Total possibilita o acesso aos serviços de TV por internet (IPTV) e de voz por internet (VoIP), com conta e atendimento integrados, a preços competitivos. Temos acompanhado de perto os resultados do produto e os índices de satisfação estão na casa dos 95%. Além disso, em algumas localidades onde o Oi Fibra está presente há mais tempo, 70% das novas adições vieram dos nossos concorrentes, resultado que evidencia a aceitação do mercado ao produto”, afirma o diretor regional da Oi em Minas Gerais, Wellerson Vieira Leite.

A estratégia da companhia para expandir a entrega de fibra foi adotar uma abordagem operacional inovadora que possibilita à Oi ter mais agilidade, precisão e eficiência de custos na implantação do serviço. Essa estratégia alavanca o diferencial competitivo da companhia, formado pela combinação da robustez da rede de transporte com a capilaridade da malha de fibra metropolitana. Em um projeto-piloto realizado pela Oi em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, a companhia observou que, em menos de três meses, o produto Oi Fibra superou os 20% de market share nas áreas em que estava disponível.

“A Oi tem mais de 350 mil km de fibra passada no Brasil, chegando a mais de 2 mil municípios com fibra através da sua rede de transporte. De uma forma inovadora, estamos aproveitando este ativo para oferecer a melhor experiência de internet de altíssima velocidade ao cliente com a fibra óptica, em um modelo que nos permite atuar de forma mais direcionada, de acordo com a demanda dos locais onde estamos oferecendo o serviço”, afirma o diretor de Operações da Oi, José Cláudio Moreira Gonçalves.

Investimentos – A Oi investiu mais de R$ 191,2 milhões em Minas Gerais no primeiro semestre de 2018, o que representa um crescimento de 9% em comparação ao mesmo período do ano passado. A operadora implantou em Minas Gerais 34 novos sites de telefonia móvel e outros 1.116 sites foram ampliados ou modernizados no primeiro semestre do ano. Além disso, 10.443 novas portas para o serviço de banda larga fixa foram implantadas. A previsão é de instalação de mais 29 mil portas até o final do ano. A Oi oferece cobertura 4G em 76 cidades de Minas Gerais.

Varginha é uma das cidades mineiras que receberam investimentos da Oi em 2018. A cidade é atendida pela companhia com tecnologia 4G e possui 19.043 terminais fixos instalados, sendo 516 orelhões. Na banda larga, a operadora possui 15.964 portas Velox instaladas, um aumento de 10% em relação ao ano passado.