Com a situação do mercado interno desfavorável, os suinocultores de Minas Gerais e dos demais estados produtores estão investindo em formas de estimular o aumento do consumo interno. Uma das formas de promover a carne é a Semana Nacional da Carne Suína.

Neste ano, o evento acontece entre os dias 13 e 27 de setembro. A iniciativa da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (FNDS) tem como objetivo demonstrar a qualidade e a saudabilidade da carne suína. Além da apresentação de cortes e pratos especiais, no período ocorre a capacitação de profissionais dos pontos de venda.

De acordo com o vice-presidente da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg), José Arnaldo Cardoso Penna, a realização do evento sempre estimula o consumo, o que é fundamental para o setor.

“Nossas expectativas são muito positivas. É a oportunidade para divulgarmos os benefícios da carne suína e colocar os produtos na linha de frente dos supermercados, estimulando o consumo”, explicou.

Além da maior divulgação dos produtos, os suinocultores brasileiros estão se unindo para trabalhar com dados de mercado. De acordo com Cardoso Penna, suinocultores de Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul vão compartilhar informações sobre mercados atendidos, preços, volumes e outros assuntos. O objetivo é ter dados concretos para traçar estratégias que beneficiem o setor.

“Nosso objetivo é trabalhar com o alinhamento de informações diárias sobre, por exemplo, preços e quantidades. Ao trabalhar em conjunto teremos informações mais concretas para posicionarmos diante do mercado. É uma ação bastante importante para todos os estados envolvidos”, disse. (MV)