Valdeci Oliveira - Divulgação

Será aberta hoje a 1ª Bienal do Livro de Sete Lagoas, na região Central de Minas, evento que se estenderá até sábado (29). A expectativa da Prefeitura de Sete Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Comunicação, é que a 1ª Bienal do Livro seja um marco na cultura regional, não só pelo alto nível da programação, mas também pela estrutura que será montada para formar um complexo integrando a Praça Tiradentes e o Centro Cultural Nhô Quim Drummond – Casarão (Foto). Estão confirmadas presenças de nomes como Zeca Camargo, Cris Guerra, Fabrício Carpinejar e do sete-lagoano Renato Alves.

A mobilização foi intensa na cidade nos últimos meses, para desenvolver um roteiro que reunisse atrações de grande porte e também prestigiasse escritores novatos e a produção literária local. A programação terá entrada gratuita e será aberta a públicos de todas as idades.

A 1ª Bienal do Livro será realizada em parceria com editoras, escritores, poder público e sociedade civil, o que, espera-se, deverá resultar em um evento de qualidade e de grande repercussão regional. A presença do jornalista Zeca Camargo, por exemplo, é fruto de uma parceria com o projeto “Sempre um Papo”, que fará uma edição especial no evento.

Acesso à leitura – O objetivo principal é oferecer democraticamente acesso à leitura. Além disso, os visitantes terão a oportunidade de se aproximar dos seus autores favoritos, folhear livros, viajar por lugares desconhecidos e participar de atividades culturais.

Mesas de bate-papo, oficinas, exposições, espetáculos e sessões de autógrafos em eventos de lançamento de diferentes livros fazem parte da programação, que pode ser conferida no site www.setelagoas.mg.gov.br.